Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Um Mar de Recordações

Um Mar de Recordações

Uma aventura que já dura há dois anos

O primeiro dia de 2011 foi uma data especial para mim. Provavelmente pouca gente se lembra do que fez há dois anos, mas eu recordo-me como se tivesse sido ontem. Esse dia marcou o nascimento deste espaço. Foi o começo de uma aventura que tenho o maior prazer em partilhar com todas as pessoas que passam por cá seja para comentar, ler ou apenas bisbilhotar. Esse foi o dia que abri um pouco da minha vida ao mundo!

A partir daí o ‘Um Mar de Recordações’ foi um local onde escrevi algumas das vitórias e derrotas que tive desde então. Na verdade, coloquei um pedaço da minha vida aqui e houve tanta coisa que aconteceu durante estes dois anos! O que mais tenho gostado são as palavras amigas que tenho recebido desde então, tive oportunidade de conhecer pessoas fantásticas e bastante talentosas. O meu obrigado pelo apoio que me tem dado seja ele recente ou longo. Acreditem que tem sido bastante importante para continuar a escrever o melhor possível.

Longe vai o dia em que decidi começar a publicar aquilo que guardava para mim. Sei que hoje sou uma pessoa diferente. Cresci a escrever neste lugar. Reconheço que muitas vezes já me perguntei se vale a pena continuar a escrever aqui. No entanto, é nesses momentos em que vejo a importância que este blogue tem para mim. Nunca tive coragem de fechar a porta. Acho que devo alguma coisa às quase 70 mil pessoas que passaram por aqui. É por mim, mas também por vocês que escrevo. Não tenham dúvidas!  

Dois anos depois quero continuar a partilhar muitas mais aventuras com vocês de um ano que espero que seja repleto de emoção e de alegria. Então, vamos a isso!

 

 

 

Vou deixar os meus cinco textos preferidos nestes dois anos de existência:

Há dias assim...

Neva lá fora

Toque do destino

Amor, esta é por ti…

A força de acreditar

"Os Grandes Portugueses" (17) - Dulce Pontes

Nome: DULCE José Silva PONTES

Data e local de nascimento: Montijo, 8 de Abril de 1969

Profissão que se notabilizou: Cantora

 

Feitos importantes:

  • Desde de muito nova teve contacto com a música, tendo estudado Dança Contemporânea entre os 7 e os 17 anos de idade no Conservatório de Lisboa.
  • Em 1988, no decorrer de um Casting, inicia a sua actividade profissional na Comédia Musical "Enfim sós" prosseguindo com "Quem tramou o Comendador", no Teatro Maria Matos, como actriz, cantora e bailarina.
  • Em 1991 vence o Festival RTP da Canção tendo ido representar Portugal no Festival Eurovisão da Canção, onde cantou a "Lusitana Paixão". Alcançou o oitavo lugar entre 22 países participantes, naquela que foi uma das melhores prestações de Portugal nessa competição. Um ano mais tarde, Dulce gravou o seu primeiro álbum chamado Lusitana.
  • A cantora lusa destinge-se pela sua voz que é versátil, dramática e com uma capacidade invulgar de transmitir emoções. O disco O Primeiro Canto foi lançado em 1999, sendo considerado pela crítica como o melhor, e também o mais ambicioso e difícil na carreira da Dulce.
  • Em parceria com José Carreras, protagonizou a abertura oficial da eleição das Novas 7 Maravilhas do Mundo, realizado em Portugal, com o tema "One World" (Todos somos um) de sua autoria, para a maior emissão televisiva da história.

Álbuns:

  • Lusitana (1992)
  • Lágrimas (1993)
  • A Brisa do Coração - Ao Vivo No Coliseu do Porto (1995)
  • Caminhos (1996)
  • O Primeiro Canto (1999)
  • Best Of (2002)
  • Focus ( 2003) com Ennio Morricone
  • O Coração Tem Três Portas (2006)
  • Momentos (2009) 

Ligações externas: http://www.dulcepontes.net/

 

Pág. 2/2