Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Um Mar de Recordações

Um Mar de Recordações

"Os Grandes Portugueses" (27) - Cavaco Silva

Nome: Aníbal António CAVACO SILVA

Data e Local de Nascimento: Loulé, em 15 de Julho de 1939

Profissão que se notabilizou: Economista e Político

 

Feitos importantes:

  • Cresce em Boliqueime, perto de Loulé, onde o pai se dedicava à exploração de frutos secos e ao comércio de combustíveis. Tira o curso de Contabilidade no Instituto Comercial de Lisboa em 1959 e licencia-se em 1964 em Finanças no Instituto Superior de Ciências Económicas e Financeiras (ISCEF) com a mais alta qualificação do seu ano. No final de 1965 torna-se bolseiro do Centro de Economia e Finanças da Fundação Calouste Gulbenkian, onde se dedica à investigação.
  • Inicia funções como assistente de Finanças Públicas, no ISCEF até 1978. Parte com a família para Grã-Bretanha onde doutora-se em Economia Pública, na Universidade de York (1971). Em 1977 muda-se para o Banco de Portugal, assumindo o cargo de director do Departamento de Estatística e Estudos Económicos. Ao mesmo tempo, passa a integrar, como vogal, a Comissão Instaladora da Faculdade de Economia da Universidade Nova de Lisboa. Acabaria por chegar a professor catedrático nesse estabelecimento de ensino.
  • Chega à política em 1979, a convite de Francisco Sá Carneiro. Um ano mais tarde, toma posse como ministro das Finanças do VI Governo Constitucional. Em Fevereiro de 1981 é eleito, pela Assembleia da República, presidente do Conselho Nacional do Plano (órgão que antecedeu o Conselho Económico e Social). Após a demissão de Carlos Alberto da Mota Pinto em 1985, acaba, surpreendentemente , por se eleito para presidente do partido. Nas eleições legislativas desse ano, o PSD obteve o melhor resultado de sempre (29,8% dos votos) dando início a um governo minoritário.
  • Foi primeiro-ministro de Portugal de 6 de Novembro de 1985 a 28 de Outubro de 1995, tendo sido a pessoa que mais tempo esteve na liderança do governo do país desde o 25 de Abril. Cavaco Silva leva a cabo reformas estruturais da administração e na direcção económica do país. Nesses anos foram feitas reformas fiscais, que introduziram o IRS e o IRC, privatizaram-se empresas públicas, reformaram-se as leis laborais e agrárias e liberalizou-se a comunicação social, de que resultou a abertura da televisão à iniciativa privada e mais liberdade de informação. Foi também nesta altura que Portugal aderiu à Comunidade Económica Europeia (futura União Europeia).
  • Desde 2006, torna-se presidente da Republica Portuguesa, o que marca pela primeira vez, em democracia portuguesa, a eleição de um presidente oriundo do centro-direita. Foi reeleito nas eleições presidenciais de 23 de Janeiro de 2011.

Cavaco Silva é o político portugues mais relevante? Como classificam o seu trabalho como presidente da Republica?

Se gostas do Um Mar de Recordações, então ajuda a fazê-lo crescer em:

     

 

Sala de cinema (29) – Especial Óscares

A excelência em realizações cinematográficas esteve novamente em disputa na 86.ª edição dos Óscares, a noite mais esperada do ano para os cinéfilos de todo o mundo. Tal como aconteceu no ano passado, o blogue acompanhou em directo a cerimónia realizada no Dolby Theatre , desde a passadeira vermelha até à entrega da última estatueta dourada. Sete anos depois, Ellen Degeneres voltou a ser a escolhida para anfitriã da cerimónia, tendo feito um belo trabalho. O carisma da apresentadora de 56 anos e a sua boa disposição conduziram o evento a momentos marcantes e fascinantes.
Apesar da chuva, nada afastou o glamour da passadeira vermelha, onde as estrelas da sétima arte estiveram em grande com uma escolha certeira de indumentária . Este ano ficou marcado por nova queda de Jennifer Lawrence , actriz que desta vez saiu de mãos a abanar. Houve uma enorme tendência de vestidos sem mangas, sem dúvida algo que marcou o desfile desta noite. Um desses exemplos foi a vencedora do Óscar de Melhor Actriz Secundária que maravilhou todos num vestido Prada azul claro. Lupita Nyong’o , de 31 anos, esteve completamente deslumbrante parecendo uma autêntica princesa preparada para uma noite de conto de fadas!

Quem também esteve deslumbrante foi Cate Blanchett, de 44 anos. Num Armani, arrasou por completo neste vestido brilhante. A vencedora do Óscar de Melhor Actriz por ‘Blue Jasmine’ esteve absolutamente perfeita. Destaque ainda para as jóias escolhidas que complementaram muito bem o look. Pessoalmente, foi o meu visual preferido nesta noite.  

Jared Leto , vencedor do Óscar de Melhor Actor Secundário, jogou pelo seguro e apostou no clássico branco e preto com um lacinho vermelho que destacou o seu visual. “Eu sempre adorei o clássico e eu normalmente nunca uso fatos. Portanto esta foi uma boa oportunidade para vestir algo intemporal ”, referiu o actor de ‘Clube de Dallas’ que espalhou o seu charme na plateia feminina da carpete vermelha.

Em 24 categorias, ‘Gravidade’ e ‘Golpada Americana’ eram os filmes com mais nomeações conseguido dez cada um, mas os dois acabaram por sair do Dolby Theatre com sortes diferentes. O filme que aborda as capacidades de sobrevivência de uma astronauta inexperiente foi o grande vencedor da noite com a conquista de sete estatuetas douradas. Além do Melhor Realizador para Alfonso Cuarón , o filme de ficção cientifica arrecadou ainda a Melhor Fotografia, a Melhor Montagem, a Melhor Banda Sonora, o Melhor Som, os Melhores Efeitos Visuais e os Melhores Efeitos Sonoros. Uma noite inesquecível para esta equipa que apenas perdeu em três categorias!
Quem também teve razões para sorrir foi '12 Anos Escravo' que arrecadou o prémio mais desejado – o de Melhor Filme. A essa distinção juntou ainda o Melhor Argumento Adaptado e a Melhor Actriz Secundária com a performance da estreante Lupita Nyong’o naquela que era uma das categorias mais disputadas deste serão. O filme autobiográfico de Solomon Northup caiu nas boas graças da Academia que lhe deu um grande destaque em três dos principais prémios.
O ‘Clube de Dallas’ também conquistou três distinções. Além de Melhor Caracterização, a dupla Jared Leto (Actor Secundário) e Mattew Mccounaughey (Actor Principal) conquistaram os prémios de melhor actuação masculina, uma menção ao trabalho brutal que ambos tiveram que fazer para desempenhar estes papeis. Destaque também para a musa Cate Blanchett que deu a 'Blue Jasmine' o único prémio da noite no Óscar de Melhor Actriz Principal. A sua extraordinária representação não ficou esquecida e recebeu a merecida aclamação.
A Academia ficou maravilhada com o filme da Disney 'Frozen’ que conseguiu vencer as duas categorias para que estava nomeada - a Melhor Animação e a Melhor Canção com Let it Go . Por sua vez, a película italiana ‘A Grande Beleza’ arrecadou o Melhor Filme Estrangeiro. Uma das surpresas da noite estava reservada para o Melhor Argumento Original, com a vitória de 'Her' de Spike Jonze . Outra das surpresas foi os dois Óscares para ‘O Grande Gabsty’ vencendo nas categorias de Produção Artística e Guarda-roupa.
Pela negativa, ‘Golpada Americana’ acabou a noite sem nenhuma estatueta depois das dez nomeações conseguidas. ‘O Lobo de Wall Street ’, 'Nebraska' e 'Philomena' também ficaram de as mãos a abanar. O serão mediático e glamoroso brilhou ao mais alto nível naquele que é o sítio que premeia os melhores trabalhos da sétima arte desde 1929. Deixo-vos com o trailer daquele que foi considerado o Melhor Filme do Ano pela Academia:

 

LISTA COMPLETA DOS PREMIADOS:

Melhor filme: 12 Anos Escravo
Melhor Realização: Alfonso Cuarón (Gravidade)
Melhor actor: Matthew McConaughey (O Clube de Dallas)
Melhor actor secundário: Jared Leto (O Clube de Dallas)

Melhor actriz: Cate Blachett (Blue Jasmine)
Melhor actriz secundária: Lupita Nyong'o (12 Anos Escravo)

Melhor argumento original: Spike Jonze (Her)
Melhor argumento adaptado: John Ridley (12 Anos Escravo)

Melhor filme estrangeiro: A Grande Beleza (Itália)
Melhor filme de animação: Frozen - O Reino do Gelo
Melhor banda sonora original: Steven Price (Gravidade)

Melhor canção original: Let It Go (Frozen)

Melhor fotografia: Gravidade

Melhores efeitos visuais: Gravidade

Melhor montagem: Gravidade

Melhor mistura de som: Gravidade

Melhor montagem de som: Gravidade

Melhor caracterização: O Clube de Dallas

Melhor produção artística: O Grande Gatsby
Melhor guarda-roupa: O Grande Gatsby

Melhor documentário: 20 Feet from Stardom
Melhor documentário em curta-metragem: The Lady in Number 6
Melhor curta-metragem: Helium
Melhor curta-metragem de animação: Mr. Hublot

 

Qual foi a vossa opinião da cerimónia? As vitórias foram justas? Qual foi a maior surpresa da gala?

Se gostas do Um Mar de Recordações, então ajuda a fazê-lo crescer em:

     

Pág. 2/2