Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Um Mar de Recordações

Num passado de indefinições, um presente intermitente em que um futuro ambicioso se avizinha

Um Mar de Recordações

Remorsos de uma atitude intempestiva

Largou um longo e arrasador suspiro. Encontrava-se diante daquele antigo espelho há alguns minutos sem se conseguir mover, parecia estar a querer ganhar força para dar o passo seguinte. Várias lágrimas caíam-lhe de uma face lastimável pelas poucas horas de sono do dia anterior. Não podia voltar a acobardar-se, tinha adiado aquilo demasiadas vezes. Decidira finalmente buscar os seus pertences à casa que tinha abandonado há três meses. Desaparecera sem dar qualquer explicação à pessoa que mais amou na vida. Lembrava-se de todos os traços daquele homem, contudo essa recordação parecia agora uma vã memória de uma outra vida…

Um sorriso amarelo nasceu nos lábios carnudos. Por diversas vezes tinha tentado ir àquela casa, mas acabava sempre por desistir. A verdade é que receava que as recordações fossem demasiado dolorosas. Diariamente arrependia-se da sua atitude intempestiva, contudo sabia que isso agora era tarde demais. Não podia voltar atrás, seria injusto fazê-lo. Engoliu em seco, estava completamente perdida. Pensara que fugir dos problemas era aquilo que precisava, mas rapidamente entendeu que cometera um erro crasso. Destruíra a pessoa que a amava incondicionalmente por um gesto infantil e irreflectido. Abanou a cabeça. “Chega! Não posso adiar mais isto…”, murmurou, enquanto abandonava aquele quarto barato que tinha alugado. Foi em frente sem olhar para trás, precisava de manter aquela pequena réstia de coragem viva para seguir em frente.

Minutos depois estava à porta daquela casa repleta de memórias de dias bons e maus daquela forte relação. Sentia-se uma autêntica cobarde por estar a fazer aquilo nas suas costas. Voltou a abanar a cabeça. Abriu a porta sem conseguir conter um suspiro nervoso, repleto de remorso. Precisou de muita força para entrar no quarto para ir buscar a roupa. Não conseguiu resistir percorrer aquela divisão com um olhar melancólico. As suas fotos ainda ali estavam. Tudo parecia igual, nada parecia ter mudado desde a sua ausência. Apenas uma coisa estava diferente. Mordeu o lábio quando viu a mesa de cabeceira com o anel de casamento. “Não!”, gemeu. As lágrimas voltavam a cair sucessivamente, instantaneamente perdeu as forças e as suas pernas cederam. Permaneceu assim de joelhos, junto à cama onde tinha partilhado tantas momentos…

[Ficção]

Continuem a subscrever o canal do Youtube!

 

 

Segue-me em:

Sapo || Facebook || Twitter || Instagram || Youtube || Bloglovin' ||

Sala de Cinema (35) – Django Unchained

Não resisto a partilhar a minha opinião sobre Django Unchained, um dos filmes que mais gostei de ver nos últimos anos. O regresso em grande de Quentin Tarantino, num filme com um enredo muito bem executado. Confesso que sou um grande fã deste realizador, não perco um filme dele. Este não podia ser excepção! Com uma receita de 425 milhões de dólares, Django Unchained tornou-se a longa-metragem de maior bilheteira de Tarantino até hoje.

Passado no sul dos Estados Unidos, este filme acompanha de Django (Jamie Foxx), um escravo vendido ao caçador de recompensas alemão  Dr. King Schultz (Christoph Waltz) para ajudar na captura dos irmãos assassinos Brittle. O seu sucesso leva Schultz a libertar Django, mas os dois acabam por permanecer juntos a perseguir os criminosos mais procurados do país. No entanto, o agora escravo liberto mantém-se focado num objectivo: encontrar e resgatar Broomhilda (Kerry Washington), a sua mulher que perdeu no comércio de escravos. Assim sendo, a trama gira em torno da possibilidade de Django conseguir ou resgatar sua esposa do poderoso  Calvin J. Candie (Leonardo DiCaprio)…

Ao contrário de outros filmes de Quentin Tarantino, Django Unchained tem uma narrativa linear, com excepção a alguns flashback. A forma ousada e sangrenta com que são descritas algumas das cenas exibem a precisão de como este enredo está estruturado. A banda sonora também é simplesmente electrizante e cativante. É preciso ter especial atenção à forma cirúrgica com que são apresentados temas como a escravidão e o racismo. Enalteço também a caracterização das personagens que é muito cuidada e extraordinária.

Num elenco recheado de talento onde se destacam as performances de Leonardo DiCaprio e Christoph Waltz. Aliás, a cena em que DiCaprio corta a mão é digna de um Óscar… Muito elogiado pela crítica, o filme foi nomeado para cinco Óscares na cerimónia de 2013. Acabou por ganhar nas categorias de actor secundário (Christoph Waltz) e melhor argumento original. A longa-metragem arrecadou ainda dois Globo de Ouro e outros dois BAFTA nas mesmas categorias – actor secundário e melhor argumento.

Já viram o Django Unchained? O que mais vos impressionou neste filme? Gostam do estilo de Quentin Tarantino?

 

 

Segue-me em:

Sapo || Facebook || Twitter || Instagram || Youtube || Bloglovin' ||

O anel de memórias

Abriu a gaveta, ao tirar um pano para limpar os seus óculos sujos reparou naquele anel. Ali estava ele, meio escondido para que não se recordar daquela constante pontada no coração. Largou um sorriso amargurado pelas recordações e sentimentos que emanavam daquele pequeno objecto. Quando casou ingenuamente imaginou que o resto da sua vida seria uma caminhada romântica de felicidade. “Que patético era!”, gemeu desolado enquanto fumava o último cigarro do maço que tinha comprado naquele dia. Deu um longo bafo, fechou os olhos e numa velocidade estonteante viu um absurdo número de imagens do passado…

Estava naqueles dias melancólicos onde as memórias fluíam a toda a hora. Odiava quando aquilo acontecia, olhou demoradamente para a janela e deixou-se ficar a olhar para aquele tempo chuvoso. Pouco depois, abanou a cabeça desiludido por todos os seus planos terem corrido mal, culpava-se por aquele presente degradante. Descuidara toda a imagem, estava com um péssimo aspecto. Vivera para aquela relação e era angustiante entender que tudo tinha cedido. Depois de anos fulgurosos de um sentimento delirante, a tolerância e amor esbarrou nas inúmeras divergências e braços-de-ferro que enfraqueceram aquela relação. O fim foi uma inevitabilidade.

Há três meses que ela tinha partido, sem justificação ou carta de despedida. Simplesmente sumiu agastada pela desilusão de um relacionamento falhado. Ao sair, levou com ela o seu espírito sonhador, arrasou-o por completo. A partir daí aquele homem sentado na cama perdera-se na escuridão constante, apenas sobrevivia. Fez um pequeno esgar por toda a angustia que aquele anel lhe dava, mas ainda assim não conseguiu deixar de se sentir seduzido por ele. Sem saber explicar a razão agarrou nele e colocou-o na sua mesa de cabeceira. Por mais negras que fossem as memórias preferia tê-las a não recordar-se nada…

[Ficção]

Imagem retirada de: http://professionalexperts.net/ 

Pessoal como já devem ter percebido estou tentar lançar um canal no Youtube. Confesso que ainda sou muito inexperiente na criação de conteúdos vídeos, mas vou melhorar com o tempo. Neste começo não tem sido fácil a divulgação deste espaço, portanto peço a todos os leitores que tenham uma conta no Gmail para seguir este canal. Além de me motivar a criar novos conteúdos, ajuda e muito na divulgação!

 

 

Segue-me em:

Sapo || Facebook || Twitter || Instagram || Youtube || Bloglovin' ||

Questões inevitáveis (33) - Legionella

Numa altura em que o mundo vive em suspenso com a propagação do ébola, Portugal está a contas com um surto de outra doença. A legionella tornou-se no assunto do momento depois de Vila Franca de Xira ter sido afectada por esta bactéria. De acordo com a Direcção-Geral da Saúde, verificaram-se, até agora, 302 casos, ocorrendo até ao momento cinco óbitos.  

Neste momento desconhece-se a origem deste surto na região de Lisboa. Mas afinal o que é a legionella? É uma bactéria que vive em ambientes aquáticos naturais, no qual a sua infecção transmite-se por via aérea (respiratória), através da inalação de gotículas de água (aerossóis) contaminadas com bactérias. Os sintomas da doença dos legionários são semelhantes ao de uma pneumonia, ou seja, tosse, febre e dificuldades respiratórias. Os antibióticos são a forma mais eficaz de trata esta infecção, até porque ainda não há nenhuma vacina para ultrapassar esta doença.

Apesar da legionella não se transmitir de pessoa a pessoa, este é um problema do âmbito nacional. É preciso prevenção para que esta bactéria não se alastre para mais locais. Neste momento é fundamental encontrar o foco deste surto para começar a ser resolvido com a maior brevidade possível. Na vossa perspectiva, está a ser feito um bom trabalho para encontrar a origem desta bactéria? Noutro prisma, os hospitais nacionais estão preparados para um surto desta dimensão?

 Imagem retirada de:  http://www.brasilescola.com/

Estão assustados com a legionella? A estratégia para encontrar o surto está a ser a correcta? Os hospitais estão preparados para combater com eficácia esta doença?

 

Segue-me em:

Sapo || Facebook || Twitter || Instagram || Youtube || Bloglovin' ||

Imagem espontânea (32) – O Instagram contra-ataca…

Não estava nada à espera de receber tanto apoio neste tipo de rubrica, por isso decidi fazer-vos uma pequena surpresa e brindar-vos com uma novo post com mais algumas fotos retiradas da minha conta no Instagram (@miguel_alexandre7)! Como já tinha referido o meu objectivo passa por tornar o Um Mar de Recordações mais próximo de vocês leitores e estas retrospectivas são apenas mais uma medida para atingir essa meta. Faço votos para que estejam a gostar destas mudanças e continuem a apoiar e a dar força a este projecto que cresce cada vez mais graças a vocês! Um sincero obrigado a todos os que perdem um bocado do vosso dia para comentar este espaço. Tem sido absolutamente fantásticos e estão a ajudar a que 2014 seja um ano ainda mais excepcional. Assim sendo, espero que gostem destes novos momentos que escolhi para vocês!

Eu e TU.jpgMar.jpg

1 – Uma selfie com a mulher da minha vida. Com ela, os sorrisos são sempre uma constante!

2 – Quando estou num bloqueio criativo nada melhor do que fazer uma visita ao mar…

MILKA.jpgAnalogia.jpg

3 – Já vos disse que sou guloso? Não? Confesso, o chocolate é a minha perdição!

4 – Pela primeira vez vi o meu livro numa livraria, não podia estar mais orgulhoso por esta conquista.

YOUTUBE.jpgTénis.jpg

5 – O primeiro vídeo daquele que é o começo da minha aventura pelo Youtube. Podes subscrever o canal aqui.

6 – O ténis é uma das minhas grandes paixões, sempre que posso gosto de fazer um treino. Sabe sempre tão bem!

Entrevista.jpgMarisco.jpg

7 – A primeira entrevista de promoção d’ A Analogia da Morte nos estúdios da Sesimbra FM. Inesquecível!

8 – Fechar o fim-de-semana com marisco, nada melhor para motivar para uma semana de muito trabalho… 

 

Segue-me em:

Sapo || Facebook || Twitter || Instagram || Youtube || Bloglovin' ||

Memórias de um dia inesquecível

Ontem foi um dia muito importante na minha vida, como sabem foi a apresentação da minha obra de estreia – A Analogia da Morte. Foi um momento muito emocionante, sem dúvida inesquecível! No meio de tanto nervosismo, apresentei este meu pequeno bebé a uma sala cheia. Fiquei com o coração quente com as palavras e carinhos que recebi ao longo de todo o dia. Foi bom contar com esse apoio de todos neste início de aventura. Este é apenas o primeiro quilometro nesta longa maratona e que conto com a vossa ajuda para divulgar cada vez mais esta obra.

Foi um dia de encontros e memórias, nada melhor do que rever todas as pessoas presentes e partilhar um pouco do que foi esta luta. Este texto acaba por ser também um agradecimento a todos os que marcaram presença. Uma verdadeira homenagem! Foi bom sentir o entusiasmo e o calor humano de todos, faz ter força e coragem para avançar e seguir este caminho. O meu sincero obrigado por tudo, vamos continuar juntos nesta aventura. Pela primeira vez em quatro anos deste espaço vou deixar algumas imagens minhas, acho que o momento assim o exige. Vou assim partilhar um pouco do que foi este momento emocionante, maravilhoso e… perfeito.

DSCN0595.JPG

DSCN0604.JPG

DSCN0599.JPG

DSCN0608.JPG

 

 

Segue-me em:

Sapo || Facebook || Twitter || Instagram || Youtube || Bloglovin' ||