Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Um Mar de Recordações

Num passado de indefinições, um presente intermitente em que um futuro ambicioso se avizinha

Um Mar de Recordações

Meras palavras...

Palavras, meras palavras. Para mim, um autêntico vício que não consigo largar, que está preso a mim. No fundo, fazem parte de mim de uma maneira especial e autêntica. Escrevo porque preciso, pois tenho essa necessidade constante em mim. Vivo intensa e incansavelmente nesse transe marcado pela crença de encontrar a palavra certa. Com o desejo infinito de escrevê-la com a alma. Num paradoxo entre a verdade e o sentimento. Não desisto de encontrar essa sensação, persisto nessa busca incansável. Preciso de sentir isso! Desafio-me constantemente a melhorar, a acrescentar mais. Não me deixo limitar por nada, escrevo sem tabus, pois procuro o máximo sentido. Sem vacilar, continuo a lutar para essa intensa descoberta. E sem notar deixo-me consumir pelas palavras, num labirinto confuso de sentidos. Mantenho-me a viver numa constante insatisfação, não me conformo de maneira nenhuma, pois o amanhã abre sempre a possibilidade de um novo desafio. Uma oportunidade para encontrar uma nova forma de melhorar e progredir. Assim vivo, assim sou (realmente) feliz...

 

 
 

Segue-me em:

Sapo || Facebook || Twitter || Instagram || Youtube || Bloglovin' ||

Perdi-me...

Deixei tudo o que conhecia de uma forma abrupta, atirei-me ao desconhecido sem qualquer tipo de arrempendimento. Contudo, acabei perdido numa vida que não era a minha, em ideias que não eram as minhas. Sozinho à procura de forças para dar o próximo passo... Permaneci assim mascarado num ténue disfarce que nem a mim próprio consegui enganar. Não fui mais que uma versão pequena de mim mesmo, sem conseguir me expressar, sem conseguir brilhar. Não consegui ser eu e perdi-me. Sem saida, falhei redondamente. Perdi o controlo, fiquei sem chão e sem saber o que fazer. Resta um sabor amargo na minha boca que presiste e não desaparece. Agora restam apenas as recordações, meras memórias de uma derrota humilhante e decepcionante. Não há mais nada a fazer. É tempo agora de sarar as feridas, levantar a cabeça e acreditar que o futuro será melhor. O objectivo agora é voltar a descobrir-me, desafiar-me e nunca mais me deixar perder...

[Ficção]

 

 
 

Segue-me em:

Sapo || Facebook || Twitter || Instagram || Youtube || Bloglovin' ||

Em busca de um sonho...

"A vida é uma escolha sistemática, somos influenciados pelas nossas decisões ao longo da nossa existência. É um mundo de opções, umas são fáceis, outras perseguem-nos para sempre. A verdade é que após uma reviravolta há sempre mais uma, nunca há espaço para descansar… A vida não passa de um caminho feito por várias estradas e desvios, onde nada é certo, nada é garantido. O futuro é cheio de surpresas, e somos constantemente aliciados a atalhos e a facilitismos que nos afastam do nosso real propósito. O mundo está cheio de propostas heróicas prontamente abandonadas. No fundo, se as boas decisões fossem fácies, certo era que elas apareceriam com maior frequência…" in A Analogia da Morte

Passamos os dias a sonhar, à procura de conquistar os nossos objectivos, de forma a tentar encontrar o caminho certo. Lutamos incessantemente, sem nunca desistir mesmo apesar das derrotas pelo caminho. É por isso que as vitórias são mais saborosas quando aparecem através do fruto da dedicação e do trabalho. Como já devem ter percebido, vou muito em breve começar uma nova aventura. Segunda-feira marca o dia de um novo começo. Assim sendo, a minha vida vai mudar por completo. Uma dessas mudanças é que, muito provavelmente, não vou ter acesso à Internet diariamente o que desde logo me vai fazer quebrar um pouco do ritmo de publicação que já tenho há vários meses. É verdade nestas próximas semanas vou estar um pouco ausente, mas será por uma belíssima razão. Entretanto vou publicando quando conseguir ter Internet e disponibilidade. Depois de uma adaptação natural, estou certo de que tudo voltará ao normal com dois posts semanais. Estou ansioso para esta nova fase, mas confesso que vou com o coração apertado. Agora é altura de cruzarem os dedos por mim e desejarem-me muita sorte! 

 

 
 

Segue-me em:

Sapo || Facebook || Twitter || Instagram || Youtube || Bloglovin' ||