Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Um Mar de Recordações

Num passado de indefinições, um presente intermitente em que um futuro ambicioso se avizinha

Um Mar de Recordações

"Os Grandes Portugueses" (14) - Mário Cesariny

Nome: MÁRIO CESARINY de Vasconcelos
Data e Local de nascimento: Lisboa, 9 de Agosto de 1923
Data e Local da sua morte: Lisboa, 26 de Novembro de 2006
Profissões que se notabilizou: Pintor, Escultor e Escritor

 

Feitos importantes:
• Quanto aos seus estudos, Cesariny frequentou a Escola de Artes Decorativas António Arroio. Mas como não lhe agradava o trabalho de ourives, frequentou um curso de habilitação às Belas-Artes.
• Entretanto, no final da adolescência, Cesariny e os amigos frequentam várias tertúlias nos cafés de Lisboa e descobrem o neo-realismo e depois o surrealismo. Dessa forma, começou a sua carreira nos anos 40 como pintor surrealista, tendo  tendo em 1947, tem um contacto mais aprofundado com o surrealismo internacional, formando o Grupo Surrealista Português, que acabaria por ser desfeito em 1952. No entanto, Mário Cesariny continuo o seu trabalho como artista plástico.
• Entre 1949 e 1950, muitas das obras de Cesariny foram expostas as suas primeiras exposições surrealistas. Durante a década de 1950, Cesariny dedica-se à pintura, mas também, e sobretudo, à poesia, que escreve nos cafés.
• No entanto, Cesariny vivia com dificuldades financeiras, ajudado pela família. Apesar da excelência da sua escrita, esta não o sustentava financeiramente e Cesariny e só, a partir de meados dos anos 1960, acabaria por se dedicar por inteiro à pintura, como modo de subsistência.
• Recentemente, em 2004 Miguel Gonçalves escreveu Autografia, obra a falar sobre o poeta e o homem. Mário Cesariny morreu a 26 de Novembro de 2006 de cancro da próstata, de que sofria há vários anos. Um ano antes do seu falecimento teve dois títulos importantes: Prémio Vida Literária da APE e a Grã Cruz da Ordem da Liberdade.

 

30 comentários

Comentar post

Pág. 1/2