Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Um Mar de Recordações

Um Mar de Recordações

Os Grandes Portugueses" (1) - José Saramago

Nome: JOSÉ de Sousa SARAMAGO

Data e Local de nascimento: Golegã, 16 de Novembro de 1922

Data e Local da sua morte: Lanzarote (Espanha), 18 de Junho de 2010

Profissão que se notabilizou: Escritor

 

Feitos importantes:

• De origem camponesa, trazido ainda menino para Lisboa, não pode ir além dos estudos secundários por dificuldades económicas. Assim, o seu primeiro emprego foi de serralheiro mecânico. Contudo, isso não o impede de aceder a meios politizados e intelectuais, onde se vai afirmando o seu gosto pela leitura e pela escrita. Pode-se então considerar Saramago como um autodidacta.

• Aos 25 anos, publica o seu primeiro romance Terra do Pecado (1947), no mesmo ano de nascimento da sua filha, Violante, fruto do primeiro casamento com Ilda Reis – com quem se casou em 1944 e com quem permaneceu até 1970.  Em 1988, casar-se-ia com a jornalista e tradutora espanhola María del Pilar del Río Sánchez, que conheceu em 1986 e ao lado da qual viveu até à sua morte.

• Em 1955 e para aumentar os rendimentos, começou a fazer traduções de Hegel, Tolstoy e Baudelaire , entre outros. Mais tarde, em 1971, entra na redacção do Diário de Notícias. Como crítico literário, colaborou ainda na revista Seara Nova e no jornal Diário de Lisboa. Em Abril de 1975 é director-adjunto do DN, mas a 25 de Novembro foi demitido do jornal.

• A partir de 1976, numa situação de desemprego toma uma das mais importantes decisões da sua vida: dedicar-se exclusivamente à escrita, passando a viver, exclusivamente do seu trabalho literário. As marcas características do estilo "saramaguiano" viriam a aparecer com o Levantado do Chão (1980).

• Dois anos depois de Levantado do Chão, surge o romance Memorial do Convento, livro que conquista definitivamente a atenção de leitores e críticos. A partir daí, Saramago publica mais de uma dezena de livros com sucesso assinalável , tendo ganhou diversas distinções com as suas obras, ao longo da sua carreira literária. Em 1998, foi galardoado com o Prémio Nobel da Literatura dando a Portugal e à língua portuguesa a grande estreia na modalidade.

 

Romances publicados:

Terra do Pecado, 1947

Manual de Pintura e Caligrafia, 1977

Levantado do Chão, 1980

Memorial do Convento, 1982

O Ano da Morte de Ricardo Reis, 1984

A Jangada de Pedra, 1986

História do Cerco de Lisboa, 1989

O Evangelho Segundo Jesus Cristo, 1991

Ensaio Sobre a Cegueira, 1995 (Prémio Nobel da literatura 1998)

Todos os Nomes, 1997

A Caverna, 2000

O Homem Duplicado, 2002

Ensaio Sobre a Lucidez, 2004

As Intermitências da Morte, 2005

A Viagem do Elefante, 2008

Caim, 2009

Claraboia, 2011

 

 

 

Segue-me em:

Sapo || Facebook || Twitter || Instagram || Youtube || Bloglovin' ||

63 comentários

Comentar post

Pág. 1/3