Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Um Mar de Recordações

Num passado de indefinições, um presente intermitente em que um futuro ambicioso se avizinha

Um Mar de Recordações

O fim do mundo vai realmente acontecer?

Muitas teses foram e são formalizadas sobre um suposto fim do mundo. Apesar dessas inúmeras projecções sobre essa possível calamidade, o certo é que nada ainda se realizou…

Este tema voltou a ser base de grande discussão, após a comunidade cientifica recordar a existência de uma profecia Maia que previa o fim do mundo no final de 2012. Esse fenómeno tornou-se mundial e muitos são aqueles que temem a chegada dessa fatídica data. Mas desengane-se quem pense que o fim apocalíptico do mundo é um fenómeno actual…

Uma das mais conhecidas foi decerto a passagem do milénio. Especulou-se muito sobre a possibilidade do fim do mundo com a chegada do ano 2000 e acabou por haver uma enorme divulgação em torno deste tema. Depois de mais de uma década, o planeta encontra-se como estava, talvez um pouco mais poluído, mas é certo que não houve problemas de maior a registar. Assim, após este falso alarme, a credibilização sobre o fim do mundo roçou a nulidade e generalizou-se um grande cepticismo sobre esta problemática.

A profecia Maia não passa de mais uma teoria a juntar a tantas outras. Mas afinal o que esta tem de diferente? Antes de mais a sua autoria. Os Maias, civilização outrora situada na América Central, no actual México, foram os seus grandes impulsionadores. Para isso contaram com os vastos conhecimentos a nível científico e astrológico.

De acordo com este povo, encontramo-nos na terceira era, que começou a 12 de Agosto de 3114 a.C. e que termina a 21 de Dezembro de 2012. Nessa data, projecta-se catástrofes do foro ambiental, tais como terramotos, cheias, erupções vulcânicas, entre outras.

Grande parte da população achará a ideia ridícula, mas o aumento das catástrofes naturais por todo o mundo, as opiniões começam a divergir… Além disso, o calendário desta civilização, projectou vários cometas e asteróides que iriam passar pela Terra e até a data, não houve qualquer erro ou imprecisão. Aliás, se pensarmos que estas previsões já vêm de há mais de 500 anos e não tem qualquer mácula, torna-se no mínimo desconfortante. Fica a dúvida: se acertaram tudo até agora, será que voltam a acertar mais uma vez?

 

Acreditam na Profecia Maia? Dão algum valor às profecias do fim do mundo? Se o mundo terminar realmente a 23 de Dezembro, o que não deixavam de fazer?



53 comentários

Comentar post

Pág. 1/5