Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Um Mar de Recordações

Num passado de indefinições, um presente intermitente em que um futuro ambicioso se avizinha

Um Mar de Recordações

Imagem espontânea (2)

Na segunda edição desta rubrica temos como destaque um conjunto arqueológico classificado como Património da Humanidade da UNESCO. A foto escolhida foi tirada em Merida, durante uma visita de estudo que fiz a esta cidade espanhola. É fantástico os vestígios históricos que esta localidade ainda consegue preservar. Quem gosta de visitar e estudar este tipo de espaços, é um local imperdível!

Merida foi fundada em 25 a.C. com o nome de Emerita Augusta e durante a ocupação romana foi uma das mais importantes cidades da Península Ibérica. Possui vários testemunhos desse passado, tais como o teatro e o anfiteatro romanos (que é a foto em questão). A criação desta colónia romana tinha a finalidade de estabelecer um posto intermédio para as legiões e que também servia de eixo de comunicação. Acabou mesmo por tornar-se a  capital da Lusitânia. Actualmente, o conjunto de ruínas denominou-se Conjunto Arqueológico de Mérida, um dos principais e mais extensos conjuntos arqueológicos de Espanha, declarado Património Mundial em 1993 pela UNESCO.

De forma a passar a ideia deste ser um local antigo, optei por usar a funcionalidade sépia. Na foto esta apenas uma pequena demonstração de uma cidade com muitos anos de história. Sinceramente, recomendo a visita a esta localidade, sente-se a história de uma civilização bem de perto. É uma experiência incrível e acredito que não se vão arrepender! 

 

“A vida é uma viagem a três estações: acção, experiência e recordação” (Júlio Camargo)

 

 

Segue-me em:

Sapo || Facebook || Twitter || Instagram || Youtube || Bloglovin' ||

60 comentários

Comentar post

Pág. 1/3