Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Um Mar de Recordações

Num passado de indefinições, um presente intermitente em que um futuro ambicioso se avizinha

Um Mar de Recordações

"Os Grandes Portugueses" (23) - Joaquim Agostinho

Nome: JOAQUIM Francisco AGOSTINHO

Data e Local de Nascimento: Torres Vedras, 7 de Abril de 1943

Data e Local da sua morte: Algarve, 10 de Maio de 1984

Profissão que se notabilizou: Ciclista

 

Feitos importantes:

  • Proveniente de uma família humilde gastou as suas poupanças na concretização de um sonho de infância: comprar uma bicicleta. Os seus ‘treinos’ eram feitos num percurso diário, de cerca de 35 km, entre a sua terra natal e o seu emprego.
  • Só aos 25 anos reconheceram acidentalmente o seu potencial no ciclismo, ao ter-se destacado numa prova de amadores. Ingressou na equipa de ciclismo de Sporting e logo no seu primeiro ano de actividade (1968) sagra-se Campeão Nacional e Regional de Amadores.
  • Entre 1970 e 1972, é o vencedor da Volta a Portugal com várias etapas ganhas. O sucesso em Portugal catapultou-o para o estrangeiro tornando-se um dos primeiros portugueses a conseguir sucesso numa carreira desportiva internacional. Conquistou dois terceiros lugares nas suas doze participações no Tour de France, onde venceu oito etapas. Já em 1974, terminou em segundo a Volta a Espanha.
  • Aos 41 anos, sofreu uma queda na Volta ao Algarve que provocou uma fractura craniana. Mesmo assim, voltou a montar a bicicleta e com a ajuda dos seus colegas cortou a meta da sua última etapa. Vítima desse acidente veio a falecer dez dias depois. Após o seu desaparecimento, afirmou-se que as consequências da queda poderiam ter sido menores se Joaquim Agostinho utiliza-se o capacete.
  • Profissional entre 1968 e 1984, Agostinho foi considerado o melhor ciclista português de todos os tempos. No ano 2000, os jornalistas de "A Bola" consideraram Joaquim Agostinho como o quarto mais importante desportista português do século XX, logo a seguir a Eusébio (1º), Carlos Lopes (2º) e Rosa Mota (3º).

21 comentários

Comentar post

Pág. 1/2