Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Um Mar de Recordações

Num passado de indefinições, um presente intermitente em que um futuro ambicioso se avizinha

Um Mar de Recordações

Quatro anos de Um Mar de Recordações

Janeiro além de ser o sinónimo de um ano novo, é também o mês que marca mais um aniversário deste blogue. É verdade o Um Mar de Recordações chegou ao seu quarto ano. Bem, tudo passou tão rápido. Que grande ano de 2014 aqui no blogue, foi simplesmente inacreditável e surreal! Nada me deixa mais orgulhoso do que ver este projecto a crescer cada vez mais, pois estas são as raízes de uma árvore que quero construir com vocês!

Para mim este é um sítio muito especial e que foi essencial para tudo de bom que me tem permitido nos últimos tempos. Tenho desenvolvido tanto a minha capacidade literária com os textos que tenho vindo a publicar e isso tem sido transcendente. Esta foi a ferramenta essencial para que o meu sonho seja concretizado – a publicação de um livro da minha autoria. Durante estes meses dá para ver uma longa caminhada que tenho todo o gosto de partilhar com vocês. Se este blogue tem trabalhado a todo o vapor, vocês tem sido os principais culpados!

Este foi o ano em que o blogue cresceu mais e isso apenas foi possível graças ao vosso apoio constante que permitiu esta expansão diária. O ano de 2014 possibilitou a conquista de diversos objectivos e desafios, como foi o caso de ultrapassar a barreira das 100 mil visitas. Mas confesso que a grande vitória foi ter chegado os 10.000 comentários (fechei 2013 com sete mil…), uma das metas que tinha estipulado para estes doze meses. Como se isso não bastasse o blogue está muito próximo dos 15 mil, uma marca que francamente não estava à espera de atingir tão cedo. A vivência destes momentos só me dá mais confiança para continuar a apostar em mais conteúdos para este espaço.

números.png

Para estar cada vez mais próximo, decidi mergulhar em grande nas redes sociais ao entrar no Twitter e no Instagram, onde podem acompanhar uma visão mais pessoal de mim. No final do ano abri um canal do Youtube, um espaço que vou tentar fazer crescer e evoluir em 2015. Além disso a página do Facebook do blogue cresceu imenso e começa a caminhar para os dois mil gostos. Falando dessa rede social, decidi criar uma página de autor para poder falar com todos vocês sobre o meu livro. Fiquei extremamente surpreso em apenas meio ano já ter ultrapassado os mil gostos. Agradeço-vos de coração por todo o vosso empenho e ajuda.

De facto, 2014 foi mágico e inesquecível e tenho toda a confiança que este ano que agora começou tem possibilidades de ser ainda melhor. Sinto que em conjunto estamos a criar uma casa com cada vez melhores alicerces. Obrigado a todos por essa fantástica companhia. Assim sendo, vamos celebrar este 2015 ainda mais forte! Estou ansioso para encher este novo ano de várias recordações.

logo.png

 

 

Segue-me em:

Sapo || Facebook || Twitter || Instagram || Youtube || Bloglovin' ||

2014: Uma retrospectiva de um ano inesquecível

Inesquecível! Não há melhor forma de descrever este ano de 2014 no meu ponto de vista. Foi algo de extraordinário que deixou memórias fabulosas que não vão ser esquecidas. Doze meses de enorme intensidade e amplamente bem vividos. De facto, houve muito poucos aspectos negativos a reter neste ano, mas sei que com esforço e dedicação eles serão ultrapassados. O importante mesmo é manter sempre o pensamento positivo!

Inevitavelmente, a publicação meu livro de estreia – A Analogia da Morte – foi um dos grandes momentos do meu ano. A conclusão de um trabalho de muitas horas, repletas de esforço e dedicação. De facto, a concretização desse sonho vai ficar para sempre marcada na minha memória, é daquelas alturas em que vemos o nosso trabalho dar os seus frutos. A apresentação da obra foi assim o início de um percurso que espero que seja longo e próspero.

Para este sucesso é importante enfatizar a vossa importância em todo este processo, o vosso apoio foi o combustível perfeito para continuar a trabalhar. Confesso que quando vos anunciei a notícia fiquei altamente sensibilizado com as inúmeras publicações que fizeram a dar a conhecer este meu novo projecto. Foi tão bom contar com o apoio incrível que vocês têm dado neste últimos meses. Vocês tornaram este ano ainda mais especial.

O livro foi apenas uma das bonitas páginas deste 2014, consegui desafiar-me a lutar por objectivos que aparentemente pareciam complicados de atingir. Um deles foi ter completado duas meias-maratonas, uma em Março e outra em Outubro. Foi necessário muito espírito de sacrifício ao longo dos treinos para conquistar esse obstáculo, mas isso ajudou-me imenso. Foi mais uma demonstração de que nunca devemos desistir e só parar quando chegámos à meta. Esse foi um dos melhores ensinamentos que retirei das minhas correrias diárias.   

Acho que aproveitei ao máximo estes 365 dias, estabeleci prioridades e consegui obter os resultados que desejava. Consegui “esticar” ao máximo os dias, fazer cada vez mais. Ler, ver séries e filmes, fotografar ou viajar. Fiz um pouco de tudo e isso deixou-me extremamente feliz e realizado. Só espero que 2015 seja um ano tão bom como este 2014. Que bom foi vivê-lo!

  Imagem retirada de: http://blogs.camdenliving.com/

Desejo a todos os meus seguidores, leitores e visitantes um ano de 2015 em cheio, que todos os vossos sonhos e objectivos se concretizem!

 

Segue-me em:

Sapo || Facebook || Twitter || Instagram || Youtube || Bloglovin' ||

Encontrar sempre a meta certa!

Os meus dois grandes objectivos para este ano passavam pela publicação do meu livro e a conclusão de uma meia-maratona. Felizmente, esses dois desejos acabaram por ser concretizados com esforço, espírito de sacrifício e determinação. Ainda assim, não me dou por satisfeito. Sou ambicioso, vocês já devem saber isso.  Adoro desafiar-me, portanto decidi fazer a meia-maratona da Ponte Vasco da Gama. Assim, voltei a equipar-me e ataquei esta prova com tudo o que tinha. Esforcei-me ao máximo, mais uma vez com um tempo tórrido como grande adversário. Foram longos quilómetros, alguns mais dolorosos que outros. No fundo um verdadeiro desafio, nada melhor do que isso para motivar a querer novas conquistas. A desejar mais! O importante mesmo é encontrar sempre a meta certa, seja em qualquer objectivo. Ontem, foi mais uma meta conquistada. A chegada é sempre uma tempestade de emoções. Um momento bastante emocionante. É a sensação de dever cumprido. De mais um obstáculo superado e esse sentimento é um verdadeiro tesouro! A cereja no topo do bolo foi conseguir tirar um minuto ao tempo que tinha feito em Março. Para o ano o desejo passa por fazer ainda menos tempo. Agora é continuar a desejar que estes últimos meses continuem fantásticos e esperar que 2015 seja ainda mais auspicioso!

 

 

Segue-me em:

Sapo || Facebook || Twitter || Instagram || Youtube || Bloglovin' ||

Meia-Maratona: o maior desafio de 2014

Gosto de me desafiar, pôr-me em avaliação, e assim o fiz ontem. Já tinha falado que uma das grandes metas para 2014 era correr uma Meia-Maratona, pois bem esse objectivo foi cumprido neste domingo. Admito não regulo bem da cabeça! Só mesmo alguém louco para se meter numa corrida deste tipo com 22.º graus em Lisboa! A temperatura era absurdamente alta e tornou mais difícil a chegada à meta, mas o sucesso foi atingido. Passaram-se 21 km de suor e perseverança, mas principalmente de muita luta.

E que saboroso foi ultrapassar a meta, a caracterização de um objectivo destes é uma sensação indescritível, uma avalanche de emoções que valeram os três meses de muito treino. Apesar de ter conseguido um pouco acima daquilo que estava à espera de atingir, mas nada disso quebrou as boas sensações que tive. Foi até onde a velocidade que o meu corpo e o calor permitiram. Agora restam dores no corpo, cicatrizes desta batalha travada. Ainda mais ambicioso já penso em nova Meia-Maratona, provavelmente em Setembro vou atacar mais uma. Por agora vou descansar e recuperar estes músculos cansados, para novos e alucinantes desafios. A vida é feita de metas, ontem aquela era a minha. De facto, não há nada melhor do que lutarmos para ultrapassarmos novos obstáculos.

 

Se gostas do Um Mar de Recordações, então ajuda a fazê-lo crescer em:

     

Três anos em constantes recordações

Hoje marca o terceiro ano do Um Mar de Recordações, uma data marcante e recheada de simbolismo.  Com o novo ano a chegar e para iniciar esta comemoração da melhor maneira nada melhor do que uma nova cara para este blogue. A edição e o cabeçalho é da autoria da minha namorada – Patrícia Vieira. Quis dar um visual mais simples e funcional para que seja ainda mais fácil e prático de navegar.

Este último ano foi fantástico para este espaço, várias mudanças como a alteração do link do blogue.  Se a principio foi uma situação difícil de gerir, alguns leitores andaram perdidos, mas julgo que a situação já normalizou. Sou sincero: não podia estar mais satisfeito com esta mudança. O que ficou deste ano é o carinho de todos vocês nos comentários fantásticos que me enviam. Em 2013, foi ultrapassada a barreira dos 7 mil comentários e das 500 reacções, números fabulosos que nunca imaginei serem possíveis. Enquanto isso, este local está muito perto de chegar às 90 mil visitas.

As redes sociais também tiveram um papel importante, destacando-se os 500 gostos no Facebook. Quem quiser ajudar este projecto a continuar a crescer basta clicar aqui. Novembro marcou a entrada no bloglovin (link aqui), uma plataforma que ainda me estou a adaptar de forma a entender todas as suas potencialidades. Este ano vai ser, definitivamente, um ano em que este meio vai estar em destaque.

FOX Life

O final de ano reservou ainda uma grande surpresa! As duas primeiras parecerias no Um Mar de Recordações – a FOX Life e a Wook.  Um reconhecimento que vem dar ainda mais força a este projecto e algo que só posso agradecer pelo voto de confiança. É uma demonstração de que os passos que têm sido dados tem sido correctos, algo que me deixa bastante satisfeito e motivado.

Assim não posso esperar mais do que muito sucesso  para este novo ano, com a vossa companhia é impossível não esperar mais do que isso. Em 2014, posso garantir que vamos ter muitas surpresas por aqui. Portanto, não percam as novas recordações que estão para chegar! 

Uma aventura que já dura há dois anos

O primeiro dia de 2011 foi uma data especial para mim. Provavelmente pouca gente se lembra do que fez há dois anos, mas eu recordo-me como se tivesse sido ontem. Esse dia marcou o nascimento deste espaço. Foi o começo de uma aventura que tenho o maior prazer em partilhar com todas as pessoas que passam por cá seja para comentar, ler ou apenas bisbilhotar. Esse foi o dia que abri um pouco da minha vida ao mundo!

A partir daí o ‘Um Mar de Recordações’ foi um local onde escrevi algumas das vitórias e derrotas que tive desde então. Na verdade, coloquei um pedaço da minha vida aqui e houve tanta coisa que aconteceu durante estes dois anos! O que mais tenho gostado são as palavras amigas que tenho recebido desde então, tive oportunidade de conhecer pessoas fantásticas e bastante talentosas. O meu obrigado pelo apoio que me tem dado seja ele recente ou longo. Acreditem que tem sido bastante importante para continuar a escrever o melhor possível.

Longe vai o dia em que decidi começar a publicar aquilo que guardava para mim. Sei que hoje sou uma pessoa diferente. Cresci a escrever neste lugar. Reconheço que muitas vezes já me perguntei se vale a pena continuar a escrever aqui. No entanto, é nesses momentos em que vejo a importância que este blogue tem para mim. Nunca tive coragem de fechar a porta. Acho que devo alguma coisa às quase 70 mil pessoas que passaram por aqui. É por mim, mas também por vocês que escrevo. Não tenham dúvidas!  

Dois anos depois quero continuar a partilhar muitas mais aventuras com vocês de um ano que espero que seja repleto de emoção e de alegria. Então, vamos a isso!

 

 

 

Vou deixar os meus cinco textos preferidos nestes dois anos de existência:

Há dias assim...

Neva lá fora

Toque do destino

Amor, esta é por ti…

A força de acreditar

A força de acreditar

Sempre apontei para grandes façanhas, mas será que se não tivesse expectativas altas, faria com que nunca me magoasse? Dúvida, ainda estou repleto num mar de dúvidas. Depois de muita indecisão e uma demolidora dose de nervosismo, estou muito próximo do meu sonho. O grande dia chegou, finalmente terminei a minha tese de mestrado! O desafio mais fácil está conseguido, agora sim vão aparecer os desafios reais. Foi uma dura batalha chegar até estas quarenta páginas e apresenta-las, mas hoje tudo chegou ao fim.

Julgo que sem esforço e dedicação é impossível atingir os objectivos a que nos propomos, é necessário estar completamente focado nesse fim, concentrado até ao último segundo. Estive-o durante vários meses em busca deste meu desafio. Apesar das dúvidas que persistem, hoje é um dia de alegria. É impossível roubarem-me este sorriso. Na verdade, a vida é feita destas vitórias, destes momentos de satisfação com nós próprios.

Apesar desta caminhada difícil sempre me mantive concentrado e focado no grande objectivo. Não descansei até dar por terminado este trabalho. Lutei até encontrar a melhor palavra, a melhor frase, o melhor raciocínio para que tudo pudesse fazer sentido. Hoje mereço um dia para celebrar depois de vários a deambular pelos caminhos do jornalismo on-line. Momento único este poder saborear mais um degrau que foi subido numa interminável escadaria. A escadaria dos sonhos…

O alívio de não me ter desiludido, a alegria de estar tão próximo é a melhor coisa do mundo. Felicidade no seu estado puro. De facto, os sonhos comandam a vida que ninguém tenha dúvidas disso. E, hoje, num dia em que um sonho avançou finalmente para o seu fim, outros começam a crescer e a aparecer. Por vezes, eles são difíceis de realizar, mas quando se luta por eles tudo é possível. Basta sonhar, acreditar e nada é impossível.

 

A minha caminhada universitária: