Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Um Mar de Recordações

Num passado de indefinições, um presente intermitente em que um futuro ambicioso se avizinha

Um Mar de Recordações

Arte contemporânea invade Bairro Alto

Num dos bairros mais emblemáticos da capital, o Bairro Arte destaca-se como uma das lojas mais criativas. Estrategicamente situado no Bairro Alto (Rua das Salgadeiras), o projecto iniciado em Dezembro de 2009 e liderado por Alexandra e João Rombert marca pela diferença e originalidade dos conteúdos que vende. Numa simbiose entre as últimas tendências de design e produtos vintage, entrar neste espaço arrojado é uma viagem ao passado com vislumbres do presente.

Embalados pelos grandes sucessos da músicas dos anos 50 e 60, a loja criou uma identidade muito própria que fascina residentes e turistas. Com preços adequados a todas as carteiras, não é difícil ficarmos encantados com os produtos expostos. Nesse sentido, para quem procura uma peça diferente para criar uma decoração original no seu quarto ou na sua casa, este é o local certo para entrar! “Este é um conceito diferente em Portugal, aqui há muitos produtos incomuns que não são vistos em qualquer lado”, reconhece Marta Ferreira, uma das funcionárias da loja.

Os itens à venda são encontrados em feiras internacionais e sites da especialidade pelos donos da loja. “A inspiração [para a loja] resultado de muitas viagens em especial aos Estados Unidos”, conta João Rombert. Alexandra Rombert também imprime o seu cunho pessoal com paneis de fotografias que vai tirando pela capital. Pedaços de beleza da icónica Lisboa que são um chamariz para turistas dos quatro cantos do mundo. Num ambiente muito acolhedor, é fácil de se sentir o conforto num espaço apetrechado de pequenos tesouros.

 

Aberto durante todos os dias da semana, o Bairro Arte é um espaço imperdível e encantador. Uma ideia em expansão e que promete crescer. Actualmente, este projecto encontra-se também situado no Chiado, no LX Factory, em Cascais e no Centro Comercial Alegro.

 

*A notícia e as imagens são exclusivos do blogue Um Mar de Recordações.

67 comentários

Comentar post

Pág. 1/7