Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Um Mar de Recordações

Num passado de indefinições, um presente intermitente em que um futuro ambicioso se avizinha

Um Mar de Recordações

Em busca de um futuro risonho

Rita Parreira deu-lhe um longo e apaixonado beijo nos seus lábios. Se a princípio Carlos Fontes ainda tentou resistir, acabou por se envolver naquela espiral de sensualidade. Mesmo sentindo-se atraiçoado, não podia esconder o desejo que aquela mulher despertava nele. Quando ela se afastou, lançou-lhe um sorriso provocador. Não duvidava que aquela situação estava a ser terrivelmente divertida para ela.

O jovem advogado ainda estava confuso com os desenvolvimentos dos últimos minutos e tentava perceber o que é que aquilo tudo significava. Olhou-a severamente em silêncio, estavam os dois frente-a-frente. Estudou-a por um momento, sabia que aquela altura era decisiva. Deu um longo suspiro. “Porque raio não me contaste?”, questionou-a, lembrando-se dos segredos que tinha partilhado. Não conseguia esconder o constrangimento da situação.

“Simples. Estavas a ser avaliado!”, respondeu-lhe com sinceridade, mas deixando bem presente o tom jocoso das suas palavras. A advogada adorava controlar todas as situações, aquele domínio era benéfico quando entrava no tribunal. Apesar da sua tenra idade, já tinha ganho uma fama implacável com os sucessos conquistados. “Ainda não me disseste se afinal queres ou não entrar na empresa…”, apontou. Um ar arrogante surgiu naquele jovem de 25 anos, um aceno de cabeça selou um acordo que ia bem para além daquele trabalho…

Seis meses depois de entrar naquele escritório de advogados já se encontrava como membro efectivo da equipa. O jovem Carlos Fontes revelara-se um activo indispensável. Mostrara todo o seu potencial e começava a dar passos para uma carreira sólida na área. Não precisou de ajudas para subir e crescer, mesmo estando num relacionamento seguro com Rita Parreira. Estavam oficialmente juntos há cerca de três meses. Além de parceiros no trabalho, acabaram por tornar-se companheiros para a vida. 

Parte 1 || Parte 2 || Parte 3

Se gostas do Um Mar de Recordações, então ajuda a fazê-lo crescer em:

     

60 comentários

Comentar post

Pág. 1/6