Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Um Mar de Recordações

Num passado de indefinições, um presente intermitente em que um futuro ambicioso se avizinha

Um Mar de Recordações

Quando se tem pouco tempo...

"Não tenho tempo", murmurou ela, naquela voz solene tão característica.

Não consegui deixar de sorrir com aquela afirmação. "Falta de tempo", enfim o grande problema da humanidade. Nunca há tempo para nada, passamos a vida a correr de um lado para o outro num stress constante. Deixamos de aproveitar o momento, deixámos de saborear as pequenas vitórias. Minutos depois, já estamos em nova correria para atingir uma nova meta qualquer. Não sabemos descansar, vivemos nesse frenesim diário com a vida ocupada com tudo e mais alguma coisa. A vida é assim mesmo...

Temos aquele irreal de conseguir conquistar todos os nossos objectivos num dia. No fundo, não passamos de pessoas permanente insatisfeitas, lutando com a dedicação máxima pelos nossos sonhos. Ainda assim, por muito esforço e dedicação é impossível vencer tudo num dia. É por isso que passamos a vida a priorizar tudo, a fazer escolhas constantes. Portanto temos de escolher o rumo certo, é é naquilo que gostamos que devemos sempre gastar o nosso tempo...

 

 
 

Segue-me em:

Sapo || Facebook || Twitter || Instagram || Youtube || Bloglovin' ||

39 comentários

Comentar post

Pág. 1/4