Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Um Mar de Recordações

Um Mar de Recordações

Questões inevitáveis (35) – Vício dos Jogos

Numa altura em que as evoluções tecnológicas crescem a cada dia, as aplicações e os jogos começaram a ganhar cada vez mais preponderância no quotidiano da sociedade. A verdade é que a sua acessibilidade e a forma como promovem algum lazer permitem ultrapassar um pouco do stress e confusão dos problemas diários. É o escape perfeito para muita gente. Talvez seja o teu…

Usando um pequeno exemplo, vou falar-vos dos números mais recentes do mediático Candy Crush Saga. Em apenas um ano e meio, os jogadores gastaram cerca de dois mil milhões de euros nesta aplicação. As contas foram feitas pelo jornal britânico The Guardian, que indicam que só no ano passado o valor já chegava aos 1,6 mil milhões. A King, empresa responsável pelo jogo e que detém outras aplicações móveis de sucesso, tem neste momento 356 milhões de jogadores activos numa base mensal. O que permite a que o estúdio tenha aumentado as receitas em 136%!

Por vezes, o envolvimento é grande levando a uma dependência extrema de várias horas. Isso acaba por prejudicar muitas pessoas a nível profissional e social. Muitos dessas aplicações fazem-se valer da frustração dos seus utilizadores para conseguirem que haja sempre o desejo/interesse em continuar a usá-las. É sempre criado conteúdo novo para aliciar a participação assídua. Além do mais muitas das aplicações pedem algum dinheiro para desbloquear certos níveis. Isso pode valer somas avultadas, caso não haja um controlo. Não há problema em jogar um ou outro jogo, o importante é fazê-lo sempre com moderação…

Imagem retirada de: http://blog.games.com/

Vocês gostam de jogar? Consideram estar viciados em alguma destas aplicações? Já alguma vez gastaram dinheiro num jogo?

 

Segue-me em:

Sapo || Facebook || Twitter || Instagram || Youtube || Bloglovin' ||

56 comentários

Comentar post

Pág. 1/6