Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Um Mar de Recordações

Um Mar de Recordações

Sala de cinema (31) – Breaking Bad

Hoje trago-vos uma das séries que mais me entusiasmou nos últimos tempos, falo de Breaking Bad. Recentemente, assisti ao seu último episódio e foi simplesmente sublime, uma autêntica obra de arte! Esta série dramática, exibida nos EUA pela AMC, foi criada e produzida por Vince Gilligan. Amplamente elogiada pela crítica, estreou em 2008 e conta com 62 episódios durante cinco soberbas temporadas.

O enredo é baseado na história de Walter White  (Bryan Cranston) um professor de química do ensino secundário, com um filho adolescente que sofre de paralisia cerebral (RJ Mitte) e uma esposa grávida, Skyler  (Anna Gunn). Quando White descobre que tem um cancro no pulmão, sofre um colapso e começa a produzir e a vender droga (metafetaminas) com um ex-aluno - Jesse Pinkman  (Aaron Paul). O objectivo deste excêntrico e extraordinário professor passa por assegurar o futuro financeiro da família no caso da sua morte. Será que no final ele vai conseguir conquistar esse desejo?

Com um enredo extraordinário e um elenco muito talentoso (grande trabalho de Bryan Cranston e Aaron Paul!), os episódios tem uma esplêndida direcção. Em cada episódio existe uma tensão gritante! A série dramática funde humor negro e situações de humor com desenvolvimentos e acontecimentos inesperados. É esta fusão que dá uma personalidade irreverente a este drama. Claro que a qualidade Breaking Bad valeu-lhe diversos prémios, incluído dez Primetime Emmy Awards , oito Satellite Awards , dois Golden Globe Awards e um People's Choice Award . Em Portugal, a série é transmitida pela MOV que vai exibir a quinta e última temporada em Dezembro deste ano. 

O que mais gostam em Breaking Bad? Qual foi o momento mais marcante na série? Qual é a melhor personagem desta história?

O 'Um Mar de Recordações' agora tem uma conta no Twitter, portanto o pessoal que anda por lá, faça o favor de adicionar aqui.  Entretanto, continua a ajudar a fazer o blogue crescer em:

        

Sala de cinema (14) – The Walking Dead

Todas as segundas-feiras à noite há uma rotina constante aqui em casa – ligar o televisor na FOX e ver The Walking Dead. Estou absolutamente rendido a esta série dramática, do qual já não consigo perder um minuto. O suspense e tensão constante tornaram-na no maior sucesso televisivo dos últimos tempos, na estreia da presente temporada foi vista nos EUA por mais de 16 milhões de espectadores.

Baseado na série de quadrinhos com o mesmo nome, The Walking Dead conta a história de um pequeno grupo de sobreviventes de um apocalipse zombie. O grupo é liderado por Rick Grimes (Andrew Lincoln), que ocupava o posto de xerife numa pequena cidade antes do surto de zombies. O enredo da série desenvolvida por Frank Darabont foca os dilemas que o grupo enfrenta, como a luta para manterem-se vivos, os sentimentos confusos e os desafios do dia-a-dia num mundo hostil e praticamente dominado por mortos-vivos. Esse constante perigo vai tornar algumas pessoas mais perigosas do que os próprios zombies de quem se querem esconder...

Esta série norte-americana produzida pela AMC estreou em 2010 e desde aí foi aclamada pela crítica. Na verdade, há momentos simplesmente geniais e de pura arte que são envolvidos numa banda sonora escolhida com mestria! Do melhor que se pode ver na televisão actual! Apesar de por vezes, o enredo ter tendência a ser lento e a exagerar no dramatismo, compensa claramente pelas cenas de acção e mistério que estão muito bem conseguidas. Torna-se interessante a forma como eles exploram cada pormenor do mundo apocalíptico. Especial relevância para as personagens que tem uma enorme densidade e estão em constante desenvolvimento de acordo com os acontecimentos.

É importante ainda focar as caracterizações dos zombies que estão muito bem conseguidas, os detalhes são impressionantes. Naturalmente, a série já arrecadou diversas nomeações e prémios. Destaca-se a vitória como Melhor Série na televisão por cabo (2013) no 39º Annual Saturn Awards, e as nomeações dos Globos de Ouro (Melhor Série Dramática – 2010) e da Guild of America Awards (Melhor Nova Série – 2010). Pessoalmente, é uma série que recomendo especialmente a quem gosta deste tipo de universo, pois tenho a certeza que vai ficar totalmente viciados com a qualidade apresentada. 

O que acham desta série e das temáticas que aborda? Qual foi o vosso momento preferido? Como reagiram se acordassem num mundo apocalíptico?