Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Um Mar de Recordações

Um Mar de Recordações

O importante é insistir

Erguem-se desafios, alguns parecem ser quase inalcançáveis . Contudo, por mais difíceis que esses obstáculos sejam não vou ficar parado, vou continuar a lutar em buscar de uma oportunidade para brilhar. Não vou descansar até voltar a tê-la! Não vou ser derrotado, apenas descanso quando conseguir conquistar um lugar que mereço. Reconheço que esta é uma estranha sensação, mas tenho que aproveitar as oportunidades a que isso me permite. Posso preparar-me para quando o momento chegar poder desfrutar tudo ao máximo. Vou continuar a ter pensamento positivo. Não vale a pena desesperar, sei que irei ter essa chance e quando ela chegar vou agarrá-la e mostrar tudo aquilo que tenho para dar. Posso até ter várias decepções ao longo do caminho, mas não vou deixar de acreditar que tudo vai ficar melhor. Não me permito isso. Por muito complicado que seja, não vou parar. Nunca! Sei que isto não é um simples sonho, é o meu futuro. É a realidade! Irei continuar a insistir, até chegar finalmente ao caminho certo. Não vou esconder, adoro desafios complicados, permite trazer o melhor de mim. A verdade é que é preciso continuar a tentar e nunca desistir, ir sempre à procura do sonho. Não vou desistir, pois sei que este é o meu propósito Só preciso de uma oportunidade, dás-ma?

 
 

Segue-me em:

Sapo || Facebook || Twitter || Instagram || Youtube || Bloglovin' ||

O importante é insistir na vida...

Erguem-se desafios, alguns parecem ser quase inalcançáveis . Contudo, por mais difíceis que esses obstáculos sejam não vou ficar parado, vou continuar a lutar em buscar de uma oportunidade para brilhar. Não vou descansar até voltar a tê-la! Não vou ser derrotado, apenas descanso quando conseguir conquistar um lugar que mereço. Reconheço que esta é uma estranha sensação, mas tenho que aproveitar as oportunidades a que isso me permite. Posso preparar-me para quando o momento chegar poder desfrutar tudo ao máximo. Vou continuar a ter pensamento positivo. Não vale a pena desesperar, sei que irei ter essa chance e quando ela chegar vou agarrá-la e mostrar tudo aquilo que tenho para dar. Posso até ter várias decepções ao longo do caminho, mas não vou deixar de acreditar que tudo vai ficar melhor. Não me permito isso. Por muito complicado que seja, não vou parar. Nunca! Sei que isto não é um simples sonho, é o meu futuro. É a realidade! Irei continuar a insistir, até chegar finalmente ao caminho certo. Não vou esconder, adoro desafios complicados, permite trazer o melhor de mim. A verdade é que é preciso continuar a tentar e nunca desistir, ir sempre à procura do sonho. Não vou desistir, pois sei que este é o meu propósito Só preciso de uma oportunidade, dás-ma?

 

 
 

Segue-me em:

Sapo || Facebook || Twitter || Instagram || Youtube || Bloglovin' ||

Um abraço mágico

Dirige-se para sua casa cabisbaixo, o dia tinha-lhe corrido francamente mal. Voltara a falhar, não queria acreditar naquilo que lhe estava a acontecer. A entrevista de trabalho que tinha feito não tinha corrido como pretendia, sabia que não iria ser chamado. Completava quarenta anos daqui a umas semanas e as oportunidades eram cada vez menos, não lhe era permitido continuar a desperdiçar oportunidades. Já não tinha as ilusões da juventude, sabia que aquelas dificuldades eram problemáticas. Estava destroçado por não conseguir ajudar em casa, passava os dias frustrado numa espiral de derrota sem conseguir dar um passo em frente. Ia caminhando sem erguer a cabeça, estava com pena de si próprio. Mesmo tendo uma carreira de prestigio e ser um trabalhador competente e cumpridor, a crise fez com que vivesse um autêntico pesadelo. A sua confiança nunca mais foi a mesma, simplesmente despareceu. Sentia-se perdido, sem rumo. Entrou em casa completamente derrotado, a sua mulher veio rapidamente ter com ele ansiosa por novidades. Não precisou de dizer absolutamente nada, ela abraçou-o instintivamente. Aquele gesto fez com que tudo ficasse melhor. Ela era a sua rocha, possuía a capacidade de tornar todos os seus dias melhores, de afasta-lo daquele abismo negro. Aquela era a força do verdadeiro amor!

[Ficção]

Se gostas do Um Mar de Recordações, então ajuda a fazê-lo crescer em:

     

Questões inevitáveis (24) – Dia Mundial da Poupança

Ontem celebrou-se o Dia Mundial da Poupança e o ‘Um Mar de Recordações’ não podia ficar alheado desta temática que tem sido de imensa importância a nível nacional. Com a grave crise que o país atravessa, poupar é um verbo que os portugueses sabem de cor. De facto, este é um talento que tem sido constantemente posto à prova. Saber reduzir gastos é importantíssimo e ter isso presente é meio caminho andado para chegar ao final do mês sem a corda na garganta.

O aumento da poupança das famílias é uma das características da crise que Portugal está a atravessar, apesar da quebra nos rendimentos, os portugueses a continuam a optar pelos depósitos para guardar o seu dinheiro. Com a dificuldade em aceder a crédito e o aumento dos incentivos à poupança, tem começado a tornar-se prática recorrente uma crescente precaução em relação ao futuro.

A ideia de criar este dia surgiu em Outubro de 1924, durante o primeiro Congresso Internacional de Economia, realizado na cidade italiana de Milão, no qual o seu objectivo passa por alertar os consumidores para a necessidade de disciplinar gastos e de amealhar alguma liquidez, de forma a evitar situações de sobreendividamento.

Consideram positivo a existência deste dia? Consideram que os portugueses estão a saber poupar mais? Quais são os vossos maiores truques para poupar algum dinheiro?

Questões inevitáveis (23) – Ensino Superior

Um dia após o anúncio oficial das colocações da primeira fase deste ano no Ensino Superior, é impossível não falar sobre este tema. Foram admitidos 37 415 alunos na primeira fase do Concurso Nacional de Acesso, menos 3 mil que no ano passado. No total, concorreram 40 419 estudantes, no entanto mais de 3 mil ficam para já de fora, por não terem conseguido notas suficientes.

Este são os números mais baixos de alunos admitidos nos últimos seis anos! Uma tendência que está a tornar-se hábito em Portugal… Desde 2010 que o número de novos estudantes no Ensino Superior tem vindo a diminuir. Uma situação que levanta várias questões no futuro da educação das universidades e dos institutos politécnicos da rede pública. Será que com o país a atravessar uma grave crise financeira e com taxas de desemprego elevadíssimas, a educação superior é mais uma das vítimas das dificuldades dos portugueses?

Estes números surgem numa altura em que o Governo confirmou um corte médio de 2,5% no financiamento do sector em 2013. “[As universidades] vão sobreviver com dificuldades, como todo o país”, referiu João Queiró, secretário de Estado do Ensino Superior. Ainda assim, o secretário de Estado espera que a redução no financiamento "não ponha em causa a qualidade do ensino e a viabilidade de algumas instituições”. 

Num momento crítico para o país, é preciso apostar sempre que possível numa maior formação, para que se consiga ter mais competências para lidar com os problemas que se enfrentam diariamente. Até porque maior educação é mais um factor para nos tornamos cidadãos melhores nesta sociedade que se encontra em constante mutação. Já agora também aproveito para dar os parabéns a todos aqueles que entraram na Universidade este ano e que estão a ler este texto!  

Quais são as razões para a diminuição de novos estudantes universitários? É justo o Governo cortar no financiamento da educação? Em que estado se encontra actualmente o ensino superior em Portugal?