Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Um Mar de Recordações

Um Mar de Recordações

O importante é insistir

Erguem-se desafios, alguns parecem ser quase inalcançáveis . Contudo, por mais difíceis que esses obstáculos sejam não vou ficar parado, vou continuar a lutar em buscar de uma oportunidade para brilhar. Não vou descansar até voltar a tê-la! Não vou ser derrotado, apenas descanso quando conseguir conquistar um lugar que mereço. Reconheço que esta é uma estranha sensação, mas tenho que aproveitar as oportunidades a que isso me permite. Posso preparar-me para quando o momento chegar poder desfrutar tudo ao máximo. Vou continuar a ter pensamento positivo. Não vale a pena desesperar, sei que irei ter essa chance e quando ela chegar vou agarrá-la e mostrar tudo aquilo que tenho para dar. Posso até ter várias decepções ao longo do caminho, mas não vou deixar de acreditar que tudo vai ficar melhor. Não me permito isso. Por muito complicado que seja, não vou parar. Nunca! Sei que isto não é um simples sonho, é o meu futuro. É a realidade! Irei continuar a insistir, até chegar finalmente ao caminho certo. Não vou esconder, adoro desafios complicados, permite trazer o melhor de mim. A verdade é que é preciso continuar a tentar e nunca desistir, ir sempre à procura do sonho. Não vou desistir, pois sei que este é o meu propósito Só preciso de uma oportunidade, dás-ma?

 
 

Segue-me em:

Sapo || Facebook || Twitter || Instagram || Youtube || Bloglovin' ||

Em busca de um sonho...

"A vida é uma escolha sistemática, somos influenciados pelas nossas decisões ao longo da nossa existência. É um mundo de opções, umas são fáceis, outras perseguem-nos para sempre. A verdade é que após uma reviravolta há sempre mais uma, nunca há espaço para descansar… A vida não passa de um caminho feito por várias estradas e desvios, onde nada é certo, nada é garantido. O futuro é cheio de surpresas, e somos constantemente aliciados a atalhos e a facilitismos que nos afastam do nosso real propósito. O mundo está cheio de propostas heróicas prontamente abandonadas. No fundo, se as boas decisões fossem fácies, certo era que elas apareceriam com maior frequência…" in A Analogia da Morte

Passamos os dias a sonhar, à procura de conquistar os nossos objectivos, de forma a tentar encontrar o caminho certo. Lutamos incessantemente, sem nunca desistir mesmo apesar das derrotas pelo caminho. É por isso que as vitórias são mais saborosas quando aparecem através do fruto da dedicação e do trabalho. Como já devem ter percebido, vou muito em breve começar uma nova aventura. Segunda-feira marca o dia de um novo começo. Assim sendo, a minha vida vai mudar por completo. Uma dessas mudanças é que, muito provavelmente, não vou ter acesso à Internet diariamente o que desde logo me vai fazer quebrar um pouco do ritmo de publicação que já tenho há vários meses. É verdade nestas próximas semanas vou estar um pouco ausente, mas será por uma belíssima razão. Entretanto vou publicando quando conseguir ter Internet e disponibilidade. Depois de uma adaptação natural, estou certo de que tudo voltará ao normal com dois posts semanais. Estou ansioso para esta nova fase, mas confesso que vou com o coração apertado. Agora é altura de cruzarem os dedos por mim e desejarem-me muita sorte! 

 

 
 

Segue-me em:

Sapo || Facebook || Twitter || Instagram || Youtube || Bloglovin' ||

Continuar a acreditar num país sem esperança

O importante é nunca desistir dos nossos sonhos por mais difícil que sejam e dos problemas que surjam durante essa caminhada. Quando tudo parece impossível, arregaça as mangas e luta. Luta e acredita que é possível conseguir atingir tudo aquilo que desejamos. Vale sempre pena continuar à procura do resultado que ambicionas, em todas as derrotas há sempre um ensinamento a retirar. Trabalha para crescer e desenvolve competências para evoluir nesse objectivo. Não vale a pena desesperar, a ocasião vai surgir mais tarde ou mais cedo. Continua a tentar, a oportunidade vai surgir! 

Hoje, o meu esforço finalmente começou a ser recompensado e em boa hora isso aconteceu. Na verdade, é o regresso às origens, mais maduro e confiante em cada palavra, a verdade é que a confiança começa a regressar em força. Sei que tudo vai começar a ficar bem, o labirinto em que muitas vezes me perdi está, enfim, com um final à vista. O pesadelo está a terminar. Agora, bastam apenas três passos para chegar ao sucesso que ambicionei. Ter uma oportunidade para viver o sonho é a verdadeira bênção, falhar não é opção. Estou mais que pronto, cheio de garra e vontade de começar. A partir de hoje chegou a hora de brilhar! 

 

 
 

Segue-me em:

Sapo || Facebook || Twitter || Instagram || Youtube || Bloglovin' ||

O importante é insistir na vida...

Erguem-se desafios, alguns parecem ser quase inalcançáveis . Contudo, por mais difíceis que esses obstáculos sejam não vou ficar parado, vou continuar a lutar em buscar de uma oportunidade para brilhar. Não vou descansar até voltar a tê-la! Não vou ser derrotado, apenas descanso quando conseguir conquistar um lugar que mereço. Reconheço que esta é uma estranha sensação, mas tenho que aproveitar as oportunidades a que isso me permite. Posso preparar-me para quando o momento chegar poder desfrutar tudo ao máximo. Vou continuar a ter pensamento positivo. Não vale a pena desesperar, sei que irei ter essa chance e quando ela chegar vou agarrá-la e mostrar tudo aquilo que tenho para dar. Posso até ter várias decepções ao longo do caminho, mas não vou deixar de acreditar que tudo vai ficar melhor. Não me permito isso. Por muito complicado que seja, não vou parar. Nunca! Sei que isto não é um simples sonho, é o meu futuro. É a realidade! Irei continuar a insistir, até chegar finalmente ao caminho certo. Não vou esconder, adoro desafios complicados, permite trazer o melhor de mim. A verdade é que é preciso continuar a tentar e nunca desistir, ir sempre à procura do sonho. Não vou desistir, pois sei que este é o meu propósito Só preciso de uma oportunidade, dás-ma?

 

 
 

Segue-me em:

Sapo || Facebook || Twitter || Instagram || Youtube || Bloglovin' ||

"Os Grandes Portugueses" (28) – Mário Crespo

Nome: MÁRIO CRESPO

Data e Local de Nascimento: Coimbra, em 13 de Abril de 1947

Profissão que se notabilizou: Jornalista

 

Feitos importantes:

  • Natural de Coimbra, passou a sua juventude em Lourenço Marques. Regressa a Portugal, onde se matricula pouco depois em Engenharia, no Instituto Superior Técnico, mas acaba por desistir no primeiro ano. Chamado a cumprir o serviço militar obrigatório, em 1970, foi transferido para Moçambique, numa altura em que o país está em plena guerra de independência. 
  • Após o 25 de Abril, parte para Joanesburgo (África do Sul) acompanhado da mãe e sem quaisquer pertences. É aí que inicia a carreira jornalística como estagiário na rádio da South African Broadcasting Corporation, onde foi depois promovido a chefe de redação. Em 1982, regressa a Lisboa e vai para a redação da RTP, onde apresenta diversos programas informativos.
  • Com os estalar da Guerra do Golfo, em 1991, é destacado como correspondente da RTP em Israel. Pouco tempo depois,  é destacado como correspondente para os EUA pela estação pública. Trabalha como chefe de agência em Washington e correspondente em Nova Iorque. Durante em esse período, surgem uma série de desentendimentos entre Mário Crespo e a RTP. Em 1998, o canal televisivo deixou de pagar o salário e as despesas, o que leva ao jornalista a regressar a Portugal.
  • Como um ano e meio de contrato e sem lhe ser atribuídas funções, meteu um processo em tribunal contra a estação. A RTP acaba por colocá-lo num edifício fora da redação, recebendo apenas um terço do salário que recebia em Washington. É também alvo de alguns processos disciplinares. Durante esse período deu aulas na Universidade Independente.
  • Em Agosto de 2000, após receber confirmação que podia ingressar na redação da SIC Notícias como editor de jornalismo internacional, apresenta à RTP a carta de demissão por justa causa por não ter funções atribuídas. Já neste ano e depois de treze anos a trabalhar na SIC e SIC Notícias, pediu a passagem à reforma. Em 26 de Março de 2014, apresentou pela última vez o Jornal das 9, concluindo com uma despedida emocionada.
     
O que acham do trabalho de Mário Crespo? É uma figura que faz falta ao jornalismo nacional?

Se gostas do Um Mar de Recordações, então ajuda a fazê-lo crescer em: