Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Um Mar de Recordações

Um Mar de Recordações

Imagem espontânea (35) - 2015 é um ano repleto de oportunidades

E que tal fazer uma pequena retrospectiva de alguns dos momentos que partilhei no Instagram (@miguel_alexandre7) no primeiro mês do ano? Vamos a isso então! O Janeiro é sempre aquela altura em que fazemos uma avaliação e análise de tudo o que aconteceu de bom e de mau durante os últimos doze meses, acaba por ser um momento de retrospecção. No fundo, carregar baterias para um 2015 intenso e cheio de bons momentos. Nada melhor do que nos desafiarmos a fazer algo novo e tentar melhorar o trabalho que produzimos anteriormente. É importante essa ambição constante de ser melhor. O importante é ter o pensamento positivo e dedicarmo-nos aos nossos projectos. Conto ter grandes novidades para partilhar com vocês em breve, portanto continuem atentos. Espero que gostem destes pequenos recortes do primeiro mês do ano!

Bolo.jpg15 mil.jpg

1 - Começar o novo ano de forma bem doce. Bem delicioso...

2 - Mais um objectivo cumprido: 15 mil comentários. Agora é procurar novos objectivos!

café.jpgCamarão.jpg

3 - Nada melhor do que meter a escrita em dia acompanhado com a bebida perfeita: Frappucino. 

4 - Um autêntico manjar de camarões, simplesmente perfeito!

Fifa 15.jpgJoker.jpg

5 - As vezes sabe bem fugir um pouco à rotina com um jogo. Vale a pena marcar uns quantos golos virtuais...

6 - Um desenho que me despertou imenso a atenção. Adoro a forma sinistra retratada.

Pedra.jpgTreino.jpg

7 - A cultura Maia sempre foi uma civilização que me despertou interesse. Quando fui ao México trouxe esta relíquia para casa.

8 - Começar a treinar para a meia-maratona em Março, já estou em alta rotação...

 

Segue-me em:

Sapo || Facebook || Twitter || Instagram || Youtube || Bloglovin' ||

O fim do mundo vai realmente acontecer?

Muitas teses foram e são formalizadas sobre um suposto fim do mundo. Apesar dessas inúmeras projecções sobre essa possível calamidade, o certo é que nada ainda se realizou…

Este tema voltou a ser base de grande discussão, após a comunidade cientifica recordar a existência de uma profecia Maia que previa o fim do mundo no final de 2012. Esse fenómeno tornou-se mundial e muitos são aqueles que temem a chegada dessa fatídica data. Mas desengane-se quem pense que o fim apocalíptico do mundo é um fenómeno actual…

Uma das mais conhecidas foi decerto a passagem do milénio. Especulou-se muito sobre a possibilidade do fim do mundo com a chegada do ano 2000 e acabou por haver uma enorme divulgação em torno deste tema. Depois de mais de uma década, o planeta encontra-se como estava, talvez um pouco mais poluído, mas é certo que não houve problemas de maior a registar. Assim, após este falso alarme, a credibilização sobre o fim do mundo roçou a nulidade e generalizou-se um grande cepticismo sobre esta problemática.

A profecia Maia não passa de mais uma teoria a juntar a tantas outras. Mas afinal o que esta tem de diferente? Antes de mais a sua autoria. Os Maias, civilização outrora situada na América Central, no actual México, foram os seus grandes impulsionadores. Para isso contaram com os vastos conhecimentos a nível científico e astrológico.

De acordo com este povo, encontramo-nos na terceira era, que começou a 12 de Agosto de 3114 a.C. e que termina a 21 de Dezembro de 2012. Nessa data, projecta-se catástrofes do foro ambiental, tais como terramotos, cheias, erupções vulcânicas, entre outras.

Grande parte da população achará a ideia ridícula, mas o aumento das catástrofes naturais por todo o mundo, as opiniões começam a divergir… Além disso, o calendário desta civilização, projectou vários cometas e asteróides que iriam passar pela Terra e até a data, não houve qualquer erro ou imprecisão. Aliás, se pensarmos que estas previsões já vêm de há mais de 500 anos e não tem qualquer mácula, torna-se no mínimo desconfortante. Fica a dúvida: se acertaram tudo até agora, será que voltam a acertar mais uma vez?

 

Acreditam na Profecia Maia? Dão algum valor às profecias do fim do mundo? Se o mundo terminar realmente a 23 de Dezembro, o que não deixavam de fazer?