Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Um Mar de Recordações

Num passado de indefinições, um presente intermitente em que um futuro ambicioso se avizinha

Um Mar de Recordações

Benfica sagra-se tricampeão


O Benfica sagrou-se no passado domingo tricampeão nacional, título conquistado após vitória sobre o Nacional por 4-1, na última jornada da Liga. Os encarnados conquistaram o seu 35.º campeonato e o primeiro tricampeonato desde 1976/77. Nico Gaitán (aos 23 e aos 65 minutos), Jonas (aos 39 minutos) e Pizzi (aos 84 minutos) foram os responsáveis pelos golos que deram a vitória à equipa encarnada, numa partida disputada num Estádio da Luz a abarrotar. Consideram o Benfica justo campeão? Quem foi para vocês o melhor jogador do campeonato? Qual foi a maior surpresa neste campeonato?

 

 
 

Segue-me em:

Sapo || Facebook || Twitter || Instagram || Youtube || Bloglovin' ||

Questões inevitáveis (40) – Refugiados sírios

É um dos temas do momento! O que fazer aos milhares de refugiados sírios que tem viajado pelo continente europeu? O conflito sírio já provocou mais de dois milhões de refugiados sírios, informou o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR). As imagens arrasadoras nas fronteiras são cada vez mais frequentes e agravam-se com o passar dos dias.

Portugal pode receber cerca de 3000 refugiados, o dobro do número previsto até agora, avançou o PÚBLICO. O Governo não avança ainda com nenhuma data para a chegada dos primeiros grupos. O ministro adjunto e do Desenvolvimento, Miguel Poiares Maduro, anunciou, no início deste mês no Conselho de Ministros, que “Portugal tem, seguramente, disponibilidade para acolher um número maior de refugiados, esperando que essa mesma solidariedade e disponibilidade também exista por parte dos outros Estados europeus”.

Contudo, Miguel Poiares Maduro alerta que “há dimensões da própria resposta portuguesa que estão dependentes de decisões que têm de ser adoptadas a nível comum na Europa, nomeadamente o número de refugiados que Portugal irá, em última instância, acolher”. O grupo de coordenação a nível nacional será constituído por representantes da Direcção-Geral dos Assuntos Europeus, do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, do Instituto de Emprego e Formação Profissional, da Direcção-Geral de Saúde e da Direcção-Geral da Educação e do Alto Comissariado para as Migrações.

De que forma a Europa deve lidar com este problema? Concordas com a integração dos sírios em Portugal? Quais são as medidas que devem ser feitas para que tudo corra bem?

 
 

Segue-me em:

Sapo || Facebook || Twitter || Instagram || Youtube || Bloglovin' ||

Benfica contra Sporting: quem ganha a Supertaça?

O grande derby está a chegar e já não se fala em outra coisa, é um tema quase obrigatório em qualquer parte do país. O Benfica e o Sporting vão disputar a Supertaça Cândido Oliveira no Estádio do Algarve, em Faro. A partida vai ser no domingo às 20h45 com transmissão em directo na RTP1. Este que será a primeira partida que Jorge Jesus vai enfrentar a sua antiga equipa, algo que certamente vai apimentar este clássico do futebol português. 

As duas equipas encontram-se em estados anímicos completamente diferentes. Os leões partem com a confiança reforçada depois de uma boa pré-época e um forte investimento na qualidade da equipa, enquanto as águias ainda vivem na depressão de um final de ciclo. De destacar que o Benfica ainda não venceu um encontro nos 90 minutos nesta pré-temporada. Será bastante interessante ver como cada uma das equipas vai gerir o jogo. Numa primeira instância, o Sporting parece partir com ligeira vantagem, mas os prognósticos no desporto são sempre complexos de prever...

De referir que a Supertaça é o primeiro trófeu da época, um jogo disputado pelo campeão nacional e o vencedor da taça de Portugal. A última vez que estas duas equipas se defrontaram nesta competição foi no longíquo ano de 1987, na altura os leões acabaram por levar o trófeu para casa. 

 Quem acham que vai ganhar a Supertaça? Qual pensam ser o jogador determinante nesta partida? Como é que Jorge Jesus vai ser recebido pelos adeptos do Benfica?

 
 

Segue-me em:

Sapo || Facebook || Twitter || Instagram || Youtube || Bloglovin' ||

O Windows 10 já chegou e é grátis!

O Windows 10 já está disponível a partir de ontem em cerca de 190 países, incluindo Portugal, naquela que é considerada a melhor actualização do sistema operativo da Microsoft. Esta mudança pretende corrigir os erros da versão anterior e melhorar alguns componentes nucleares. Por enquanto, as críticas que têm surgido à nova versão do sistema operativo são positivas. 

A empresa de tecnologia norte-americana vai oferecer durante um ano a nova versão, com actualizações gratuitas para aparelhos com as versões Windows 7, 8 e 8.1. Para quem tiver essas versões, a alteração do sistema será gratuita e uma vez instalado num dispositivo continuará a não ser pago durante o tempo de vida do aparelho que tiver o Windows 10. 

Para os utilizadores que usem um sistema operativo anterior ao Windows 7 será necessário não um upgrade mas uma nova versão e isso sim terá custos. Nesse caso, "a versão integral do Windows 10 estará nas principais cadeias de retalho, a partir de 20 de Agosto", adianta a Microsoft Portugal em comunicado. Já o presidente da Microsoft, Satya Nadella, considerou em declarações à BBC que o Windows 10 “não é apenas uma nova versão [do sistema operativo] mas o começo de uma nova era”.

Pessoalmente, pretendo fazer a actualização nos próximos dias para experimentar esta nova evolução. Confesso que tenho muito boas expectativas para este novo sistema operativo e só espero que venha revolucionar o mercado das novas tecnologias. Pelo que tenho visto, as novas mudanças de interface estão fantásticas. Agora basta esperar para ver…

Estás a pensar actualizar software do teu computador com este novo sistema operativo? Quais são as tuas expectativas para o Windows 10?

 

 
 

Segue-me em:

Sapo || Facebook || Twitter || Instagram || Youtube || Bloglovin' ||

Questões inevitáveis (37) – O monopólio do futebol

O Benfica e o FC Porto empataram sem golos em partida referente à 30.ª jornada do campeonato português. Uma repartição de pontos que provavelmente vai dar o bicampeonato às águias que partem para as últimas quatro jornadas com três pontos de vantagem. Este foi a grande notícia de ontem! Grande parte do país quase que parou para ver esta partida, o encontro foi tema de conversa número um em qualquer lugar. Como sabem sou um enorme fã de desporto, portanto eu próprio vibrei com o clássico. Confesso que vou fazer um pouco de advogado do diabo neste post até porque trabalho em... jornalismo desportivo. Mas não consigo deixar de me questionar se o futebol não tem demasiado tempo de antena na sociedade. Talvez tenha ganho uma preponderância central problemática e perigosa. Se percorrermos as grelhas dos canais noticioso somos bombardeados com inúmeros programas para discutir cada segundo de um jogo. Talvez esse tempo devesse ser melhor aproveitado com outros programas com índoles diferentes. É verdade que o futebol dá imensa audiência a um canal, mas também sou da opinião que é preciso encontrar espaços onde devem ser discutidos assuntos de maior relevo. Na minhas perspectiva, falta diversidade. Pior, não há procura por maior informação. Daí considerar ser necessário incentivar cada vez mais à produção de programas culturais, dando-lhe uma nova roupagem que incentive a visualização de todas as pessoas.   

16.04-Benfica-vs-Porto.jpg

 O futebol domina demais a sociedade? Há demasiados programas de desporto na televisão? É preciso uma mudança de paradigma?

 

Segue-me em:

Sapo || Facebook || Twitter || Instagram || Youtube || Bloglovin' ||

Questões inevitáveis (36) – “Drogas leves”

Recentemente Paula Teixeira da Cruz, ministra da Justiça voltou a abrir uma discussão que nos últimos tempos tem levantado alguma polémica. Em entrevista à TSF, a ministra defendeu a legalização da venda de “drogas leves” em Portugal e a sua venda nas farmácias. "É para que não haja criminalidade altamente organizada e branqueamento de capitais nessa matéria", afirmou, reformando que representa não um ganho para o Estado, mas sobretudo para os cidadãos, porque não alimenta um negócio "profundamente rentável". 

Por "drogas leves" define-se substâncias consideradas menos perigosas e com consequências menos sérias em termos de dependência física, como é o caso da cannabis por exemplo. Segundo dados de 2013, tem havido um aumento gradual no consumo de drogas. De acordo com o Observatório Europeu da Droga e da Toxicodependência, o consumo de heroína continua em declínio na Europa, mas as drogas de substituição, muitas produzidas no território europeu estão a crescer! 

As novas substâncias - opiáceas e alucinogénias -, permitem que se produzam mais doses com a mesma quantidade e a um preço mais acessível. Para além disso, a distribuição também está mais criativa. As drogas chegam aos consumidores em mão, pela internet ou mesmo através de lojas especializadas. A liberalização de “drogas leves” contém diversas problemáticas. Talvez a mais pertinente seja se ao legalizar este produto, não se está indirectamente a aliciar a sociedade a experimentar/consumir… 

Concordas com a legalização das drogas leves? Quais seriam os benefícios e malefícios dessa decisão?

 

Segue-me em: 

Sapo || Facebook || Twitter || Instagram || Youtube || Bloglovin' ||

Questões inevitáveis (35) – Tatuagens

Hoje vou desafiar-vos um pouco a discutir uma temática bastante presente – o uso da tatuagem. Um desenho permanente feito na pele humana que ainda levante muita polémica. Ainda existe imenso preconceito para quem decide marcar o corpo com uma imagem ou frase. Mas a verdade é que isso não afasta desta prática de ganhar cada vez mais popularidade, principalmente no público mais jovem.

A verdade é que esta é uma prática bastante antiga que remonta a vários séculos. Existem muitas provas arqueológicas que afirmam que tatuagens foram feitas no Egipto entre 4000 e 2000 a.C., tatuavam-se em rituais ligados a religião. A partir daí o crescimento foi crescendo em diversas civilizações espalhando-se a nível mundial. Um dos momentos mais importantes foi 1891, momento em que Samuel O'Reilly desenvolveu um aparelho eléctrico para fazer tatuagens, baseado em outro extremamente parecido criado e patenteado pelo próprio Thomas Edison. A partir daí o crescimento explodiu por completo!

Actualmente, alguns dos trabalhos são verdadeiras obras de arte. As mais bonitas são realmente aquelas que são pensadas e que trazem uma mensagem muito pessoal. Isso é o que para mim faz uma tatuagem ser especial. Pessoalmente não tenho nenhuma, nem sei se alguma vez virei a fazer uma no futuro. Primeiro que tudo teria que ser algo discreto, mas acima de tudo precisava de ter uma mensagem muito especial e marcante para tomar essa decisão.

Imagem retirada de: http://www.fatosdesconhecidos.com.br/ 

Qual é a vossa opinião sobre as tatuagens? Gostavas de ter uma? Acham que ainda há muito preconceito sobre esta temática?

 

Segue-me em:

Sapo || Facebook || Twitter || Instagram || Youtube || Bloglovin' ||