Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Um Mar de Recordações

Um Mar de Recordações

27.Ago.15

Sala de Cinema (41) – V de Vingança

Miguel Alexandre Pereira
V de Vingança, um dos filmes mais polémicos e emblemáticos, é o destaque na vigésima terceira edição da Sala de Cinema. O thriller realizado por James McTeigue é uma adaptação da série de banda desenhada com o mesmo nome criada por Alan Moore e David Lloyd. As críticas foram bastante positivas, sendo nomeado para o Prémio Hugo de Melhor Apresentação Dramática. A revista Empire classificou esta longa-metragem como o 418º melhor filme de todos os tempos. Este thriller (...)
23.Jul.15

Sala de cinema (40) - Ant Man

Miguel Alexandre Pereira
Há uns dias fui ver o mais recente filme dos cinemas da Marvel - o Ant Man – e não resisti a vir aqui deixar-vos a minha opinião. Se inicialmente estava um pouco de pé atrás com este filme, os trailers convenceram-me a que fosse para a sala de cinema com a esperança de ser agradavelmente surpreendido. E ainda bem que o fiz! Quando comecei a ver as primeiras cenas rapidamente entendi que ia ver algo de muito especial! O enredo é muito envolvente e está genuinamente bem escrito. A (...)
04.Mai.15

Sala de cinema (39) – Avengers: Age of Ultron

Miguel Alexandre Pereira
Um dos filmes que estava mais curioso em ver neste ano era sem dúvida os Avengers: Age of Ultron. Quem me segue pelo Instagram (@miguel_alexandre7) já sabe que eu fui vê-lo na quinta-feira, confesso que tinha expectativas bastante altas e elas foram bem compensadas. O director Joss Whedon tinha a dura tarefa de fazer frente ao seu antecessor e, ainda assim, protagonizou um trabalho de muito valor. Pessoalmente, (...)
16.Ago.14

Sala de cinema (32) – Guardians of Galaxy

Miguel Alexandre Pereira
Não resisti a trazer-vos um filme que vi recentemente no cinema e que fiquei incrédulo pela sua qualidade. Guardians of Galaxy, realizado por James Gunn, dá uma nova dimensão aos filmes de super-heróis. Baseado nas histórias de BD , é uma junção perfeita entre comédia e acção que eleva em muito a fasquia das longas-metragens do género. Com um orçamento de 170 milhões de dólares, o produto final arrisca-se a ser recordado como um dos melhores filmes da actualidade. Peter (...)