Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Um Mar de Recordações

Um Mar de Recordações

02.Nov.15

1 ano de A Analogia da Morte

Miguel Alexandre Pereira
Há 365 dias atrás estava numa livraria completamente nervoso, na verdade estava totalmente em pânico. Não queria esquecer-me de nada de relevante, estava pronto para dizer as palavras certas. Vivia, enfim, o sonho. A concretização de um sonho de criança: a publicação de um livro da minha autoria. Passou um ano desde aí, quem diria? Bolas, parece que tudo foi tão recente, os meses passaram tão rápido... Ainda assim, tudo continua tão presente, cada pequeno pormenor. Confesso (...)
28.Out.15

Meras palavras...

Miguel Alexandre Pereira
Palavras, meras palavras. Para mim, um autêntico vício que não consigo largar, que está preso a mim. No fundo, fazem parte de mim de uma maneira especial e autêntica. Escrevo porque preciso, pois tenho essa necessidade constante em mim. Vivo intensa e incansavelmente nesse transe marcado pela crença de encontrar a palavra certa. Com o desejo infinito de escrevê-la com a alma. Num paradoxo entre a verdade e o sentimento. Não desisto de encontrar essa sensação, persisto nessa (...)
16.Jul.15

O plano (quase) perfeito de Cláudia Martins [One-shot*]

Miguel Alexandre Pereira
Cláudia Martins era uma mulher ambiciosa e decidida, procurava sempre novas formas de se colocar em vantagem. Finalmente, tinha encontrado a oportunidade para ultrapassar o obstáculo que a afastava da tão ansiosa cadeira do poder. Estava a um pequeno passo de garantir a presidência da Companhia, uma das maiores marcas de tecnologia a nível nacional. Só faltava o anúncio oficial, a sua ascensão estava cada vez mais próxima. Um sorriso arrogante nasceu nos seus lábios carnudos. (...)
18.Jun.15

Um novo projecto

Miguel Alexandre Pereira
Os mais atentos já devem ter reparado que muitas vezes deixo um link para o Youtube. A verdade é que eu criei um canal, mas deixei-o um pouco ao abandono. Por falta de tempo e pela dificuldade que um novo projecto porpociona. Afinal de contas estou a começar do zero algo e para isso é preciso foco e muita dedicação. O certo é que acabei por não conseguir levar este novo (...)