Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Um Mar de Recordações

Um Mar de Recordações

03.Mai.13

"Os Grandes Portugueses" (20) - José Alberto Carvalho

Miguel Alexandre Pereira
Nome : JOSÉ ALBERTO dos Santos CARVALHOData e Local de Nascimento : Penacova, 12 de Dezembro de 1967Profissão que se notabilizou : Jornalista Feitos importantes :O gosto pela comunicação começou cedo. No liceu que frequentava, em Viseu, entrou num projecto radiofónico estudantil. Acabaria por iniciar a sua carreira nas rádios piratas e em rádios locais. Formou-se no curso de Comunicação Social na Escola Superior de Jornalismo do Porto. No fim do primeiro ano do curso (...)
19.Fev.13

Exclusivo*: Manifestantes calam Miguel Relvas em conferência da TVI (com vídeo da minha autoria)

Miguel Alexandre Pereira
"Relvas hoje vieste à escola?" foi esta uma das palavras de contestação que Miguel Relvas, Ministro Adjunto e dos Assuntos Parlamentares, ouviu quando esta tarde foi silenciado pelo enorme protesto na conferência 'Como vai ser o Jornalismo daqui a 20 anos', organizado pela TVI no ISCTE-IUL , em Lisboa.Num momento em que terminava o último painel da conferência, o ministro entrou na sala e foi vaiado por dois grupos de manifestantes que interromperam os conferencistas. "Demissão", (...)
28.Fev.12

"Os Grandes Portugueses" (10) - Judite de Sousa

Miguel Alexandre Pereira
Nome: JUDITE Fernanda de Jesus Rocha e SOUSAData e Local de Nascimento: 2 de Dezembro de 1960, no PortoProfissão que se notabilizou: Jornalista Feitos importantes:Licenciou-se em História Faculdade de Letras da Universidade do Porto em 1987, mas começou a trabalhar no jornalismo com apenas 18 anos como repórter da RTP no Porto.Depois de se tornar pivot do Jornal da Tarde é convidada para a redacção de Lisboa em 1991, vindo a notabilizar-se na apresentação (...)
23.Fev.11

Reforço da Informação na TVI

Miguel Alexandre Pereira
Os jornalistas José Alberto Carvalho e Judite de Sousa, duas das caras da informação da RTP, vão reforçar a TVI. Com estas alterações prevê-se uma mudança no jornalismo nacional, pelo menos, na componente televisiva.Acima de tudo, a estação pública perde dois activos essências e precisa de procurar internamente ou externamente substitutos para manter a qualidade que lhe é reconhecida nesse sector. Algo que digamos não é fácil… Estas saídas tem de ser consideradas como (...)